Esportes, Paulistão

Carille quer manter 100% de aproveitamento diante do Palmeiras

Carille quer manter 100% diante do Palmeiras
Separados por Mauro Silva, Roger e Carille concordaram em um ponto: não há favorito. Foto: Rodrigo Corsi/FPF

O emocionante confronto entre Corinthians e São Paulo, pelas semifinais do Campeonato Paulista, terminou com o placar exibindo a frase “respeite o professor”. Era uma referência a um dos grandes personagens do jogo, Fábio Carille.

O treinador deixou Itaquera feliz, mas seu trabalho não acabou. Depois de rir por último no duelo com o são-paulino Diego Aguirre, o técnico agora tem o desafio de conduzir o alvinegra em sua primeira final do século contra o arquirrival Palmeiras.

“É um privilégio participar de um momento como este. Essa decisão não acontece desde 1999. São 19 anos”, disse Carille, durante entrevista coletiva concedida ontem (29), na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), juntamente com o técnico alviverde, Roger Machado.

A julgar pelo breve histórico, Carille é o homem correto para a tarefa. Em pouco mais de um ano como técnico, enfrentou o Palmeiras quatro vezes e venceu todas.

Para repetir o sucesso, o técnico terá de agir rapidamente. O comandante alvinegro tem alterado a equipe a cada partida, sem encontrar a formação ideal, e precisa descobrir uma fórmula para derrubar o rival mais uma vez.

“Ainda estou buscando um time. No ano passado, a gente definiu uma situação e foi com ela. Neste ano, estou buscando, vendo o que é melhor, mudando algumas coisas”, afirmou o técnico.

Jadson

O treinador corintiano afirmou que dificilmente Jadson vai se recuperar a tempo de ser titular no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista, amanhã (31).

O treinador diz que trabalha com a possibilidade de que o meio-campista fique como opção no banco de reservas, mas nem isso é totalmente certo. Jadson desfalcou o time nas duas semifinais contra o São Paulo por causa de contratura no músculo anterior da coxa direita e ainda depende de liberação médica.

“Jadson não fez nenhum treino com bola ainda. A gente ficou muito envolvido com a semifinal, não conversou nada no pós-jogo. Não me reuni ainda, mas acho difícil o Jadson iniciar. Pode ser que eu o tenha no banco para uma parte do jogo”, disse.

Os dois técnicos concordaram em um ponto: não há favorito. “É 50% (de chance) para cada time conquistar o título”, disse Carille. “Faço das palavras do Fábio as minhas”, completou Roger.

 

Todos os ingressos para a 1ª final estão reservados, informa clube

O Corinthians informou na noite de ontem (29) que todos os ingressos para a partida contra o Palmeiras estão reservados pelos torcedores. Assim, não haverá comercialização de entradas em bilheterias antes da primeira final do Campeonato Paulista.

De acordo com o clube, ingressos reservados que não tivessem o pagamento confirmado poderiam retornar ao sistema a qualquer momento. Se isso acontecesse, ficariam disponíveis apenas na internet, com 5% de desconto para todos os setores.

Com isso, há grande chance de a Arena Corinthians receber o maior público da sua história. O recorde é justamente de um jogo contra o Palmeiras, em novembro do ano passado, quando 46.090 assistiram à vitória corintiana por 3 a 2 sobre o rival. A clássico ocorre amanhã, às 16h30.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*