Minha Cidade, Regional, Sua região

Campanha contra febre amarela não atinge 50% da meta no ABC

A campanha de vacinação contra a febre amarela termina hoje (2) no ABC, com a região tendo atingido menos de 50% da meta definida pelo governo do Estado de São Paulo. Desde o dia 25 de janeiro foram vacinadas 1.008.985 pessoas, que representam 43,22% da meta de imunizar 2.334.029 moradores. Entre as cidades, São Caetano teve a melhor cobertura. A pior foi registrada em Mauá (veja dados na tabela). Até ontem (1º), a região registrava seis casos confirmados, sendo apenas um contraído na cidade de residência do paciente (São Bernardo) e outros 14 estão em investigação.

Campanha contra febre amarela não atinge 50% da meta no ABC

 

São Caetano imunizou 76.058 pessoas, 80,54% da meta de 94.435 munícipes. A cidade encerra a campanha hoje com um “intensivão” no Centro de Saúde Dr Manoel Augusto Pirajá da Silva (Avenida Roberto Simonsen, 282), que ficará aberto das 8h às 17h. Após o término da mobilização, a vacina será oferecida apenas no Centro de Saúde e no Atende Fácil (para quem for viajar ao exterior). Não há casos de febre amarela confirmados e no momento, há apenas um caso em investigação.

Diadema tem a segunda melhor cobertura, com 58,01% da população-alvo imunizada: 211.836, em uma meta de 365.124 pessoas. A cidade conta com um caso confirmado da doença e outros dois sendo investigados. Após o fim da campanha, as doses continuarão sendo aplicadas de acordo com a disponibilização pelo Estado. Ainda não há definição se as vacinas estarão disponíveis para toda população ou apenas para quem vai viajar para áreas de risco.

Doses fracionadas

Em São Bernardo foram imunizadas 333.014 pessoas, 47,07% da meta de 707.474 moradores. As Unidades Básicas de Saúde (UBS), continuarão a ofertar doses fracionadas, como rotina. O município possui dois casos confirmados (um importado e um autóctone) e seis estão em investigação. Santo André atingiu a cobertura de 37,46% da população alvo de 623.152 pessoas e vacinou 233.454 pessoas. A cidade registrou dois casos importados da doença e uma morte. Outros dois casos estão sendo apurados. O município realiza amanhã (03) novo mutirão em todas as UBSs. Nos últimos dez anos, foram vacinados 299.581 andreenses.

Ribeirão Pires imunizou 34.376 pessoas, chegando a 32,53% da meta de 105.651 moradores. Possível prorrogação da campanha poderá ser confirmada a partir da próxima semana. A cidade registrou uma confirmação da doença e aguarda resultado de quatro exames. Em Mauá, que tem a pior cobertura do ABC, foram vacinadas 127.378 pessoas, 32,11% da meta de 396.690 moradores. A cidade não registrou nenhum caso da doença. A campanha continuará normalmente nas 23 UBSs, além das operações volantes em locais estratégicos da do município.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*