Política-ABC, Santo André, Sua região

Câmara Santo André passa a divulgar pessoas desaparecidas em seus canais oficiais

“O que nos motivou a criar esse projeto foi a possibilidade de amenizar de alguma forma a angústia das famílias", afirmou Pedrinho Botaro. Foto: Divulgação
“O que nos motivou a criar esse projeto foi a possibilidade de amenizar de alguma forma a angústia das famílias”, afirmou Pedrinho Botaro. Foto: Divulgação

A Câmara  de Santo André passará a divulgar imagens de pessoas desaparecidas em suas plataformas digitais. Redes sociais, página institucional e TV Legislativa, incluirão em seus layouts informações como fotos, nomes, características físicas e contato dos desaparecidos. A ação foi anunciada pelo autor do projeto e presidente da Casa, vereador Pedrinho Botaro (PSDB).

“O que nos motivou a criar esse projeto foi a possibilidade de amenizar de alguma forma a angústia das famílias que buscam pelos seus entes queridos. Hoje os canais digitais da Câmara nos permite alcançar um grande público, haja em vista que milhares de pessoas acessam nossas plataformas depois que passamos a utilizá-las regularmente. É uma ação útil e eficaz”, ressaltou Botaro.

O projeto de resolução aprovado pelo Legislativo leva o nome de “Amanda de Oliveira”, em alusão a um dos casos mais emblemáticos do  ABC. Amanda de Oliveira Mendes, de apenas 8 anos, desapareceu em 2006 enquanto o irmão mais velho a deixou brincando em frente de casa para ir ao mercado, no bairro Jardim Santo André. Até hoje o caso não foi solucionado.

“O pai da Amanda procurou ajuda dos vereadores em 2018. Após a sua fala na Tribuna Livre, o recebemos em nosso gabinete e nos propomos em ajudar de alguma forma, não apenas ele, mas todas as famílias que infelizmente passam por essa situação.  Colocamos o nome do projeto de Amanda de Oliveira como símbolo da luta desse pai que até hoje busca por sua filha”, relembrou Pedrinho.

A Câmara Municipal de Santo André disponibilizou o e-mail desaparecidos@cmsandre.sp.gov.br para que conhecidos e familiares mandem informações caso queiram divulgar casos de desaparecimento nos canais da Casa.

“Espero que a Câmara Municipal possa contribuir de alguma forma e se torne mais uma instituição de apoio aos familiares e aos órgãos de segurança da nossa cidade”, destacou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*