Política-ABC, São Caetano do Sul, Sua região

Câmara de São Caetano aprova fim de subsídio ao Consórcio

A Câmara de São Caetano aprovou ontem (24) a redação final do projeto de lei de autoria da prefeitura que autoriza o Poder Executivo municipal a conceder contribuições no exercício de 2018. Após emenda aprovada em sessão extraordinária na última quinta (19), o projeto retornou à Comissão de Justiça e Redação para adequação, sendo o inciso 9º do artigo 1º suprimido, o que corresponde a contribuição para o Consórcio Intermunicipal do ABC no valor de R$ 1,2 milhão.

A emenda foi apresentada pelo vereador Edison Parra (PSB) e assinada por outros 15 parlamentares. “Desde 2013, quando cheguei à Câmara, critico esse repasse para o Consórcio. Até 2016 foram R$ 11,5 milhões e ninguém consegue me mostrar o que voltou de benefícios para a cidade”, argumentou.

O parlamentar destacou que sua emenda não pretende atingir nenhum partido. “Sou vereador de São Caetano e não da região. Não sou cego. Sei que as questões como segurança pública, mobilidade urbana e combate às enchentes são regionais, mas até hoje, nada veio para a cidade por meio do Consórcio”, completou.

O vereador negou que a apresentação da emenda tenha sido articulada previamente com o prefeito José Auricchio Junior (PSDB). “É como diz aquele ditado, cada um com os seus problemas. Esse problema agora é do Executivo e ele vai ter que se entender com o Consórcio”, declarou. “Não faz sentido a cidade chegando ao limite de vagas em escolas e repassando todo o esse valor”, pontuou.

A Prefeitura de São Caetano foi questionada sobre a aprovação do projeto e informou que não se manifestaria enquanto o texto não chegasse ao Paço. A assessoria de imprensa do Consórcio Intermunicipal do ABC informou que “tão logo saia o pronunciamento oficial do colegiado toda a imprensa será informada”. Em julho do ano passado Diadema deixou oficialmente o Consórcio. A entidade cobra da cidade cerca de R$ 9 milhões em dívidas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*