Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Câmara de São Bernardo aprova Programa de Regularização Tributária

Morando: “Esse modelo de arrecadação que oferecemos (com o projeto) ajuda o contribuinte e nos auxilia a saldar compromissos que temos pendências”. Foto: Arquivo A Prefeitura de São Bernardo instituiu novo plano para permitir que empresas e contribuintes normalizem seus débitos com a prefeitura. Denominada “Programa de Regularização Tributária” (PRT), a ação oferece desconto de 100% de juros moratórios e multas para quem pagar à vista ou parcelar, em até três prestações sucessivas e iguais, com vencimento da primeira parcela no ato do requerimento.

O texto original foi aprovado, nesta quarta (12), pela Câmara com 26 votos favoráveis, e entra em vigor dentro de 15 dias. Os interessados na adesão ao sistema têm até julho para se cadastrar. A previsão de pagamentos é entre maio e outubro.

Uma das justificativas para elaboração da matéria, segundo o prefeito Orlando Morando (PSDB), é garantir uma medida que permita a recuperação de recursos pela administração, aliada a um planejamento acessível para as pessoas que possuem débitos e buscam regularizar suas situações. “Esse modelo de arrecadação que oferecemos (com o projeto) ajuda o contribuinte e nos auxilia a saldar compromissos que temos pendências”, argumentou.

Dívida ativa

A atual gestão da Prefeitura de São Bernardo herdou dificuldades financeiras deixadas pelo governo antecessor. Além de R$ 200 milhões em restos a pagar, há também um alto índice na dívida ativa, em torno de R$ 3,9 bilhões. Ou seja, pouca eficiência no recolhimento de impostos. Em 2009, o valor era de R$ 1,5 bilhão. No comparativo, o montante mais que dobrou.

“A ação vai permitir ao cidadão a pagar o valor original da dívida. Muitos buscam esse tipo de plano. E o município trabalha para garantir a recuperação da oferta de serviços. O período é de crise econômica e um plano como este ajuda a todos”, disse Morando.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*