Política-ABC, São Bernardo do Campo

Câmara de São Bernardo aprova doação de área no Vera Cruz para unidade do Sesc

Câmara de São Bernardo aprova doação de área no Vera Cruz para unidade do Sesc
Câmara aprovou o projeto do Executivo com 20 votos favoráveis e três abstenções. Foto: Oscar Jupiraci/CMSBC

A Câmara de São Bernardo aprovou nesta quinta-feira (2), com 20 votos favoráveis e três abstenções, projeto de lei do prefeito Orlando Morando (PSDB) que visa autorizar a concessão, pelo Paço, de terreno ao Serviço Social do Comércio (Sesc) para a instalação da primeira unidade da instituição na cidade.

A área de 21.600 m², situada na Avenida Lucas Nogueira Garcês, no Jardim do Mar, também abriga o icônico Estúdio e Pavilhão Vera Cruz. Depois de sancionada pelo prefeito, a lei será publicada na edição desta sexta-feira no Jornal Notícias do Município.

A lei autoriza a concessão de direito real de uso do terreno nas próximas nove décadas. Quando a construção do novo Sesc for finalizada, a lei prevê a possibilidade de doação do imóvel em definitivo. O Conselho Regional do Sesc-SP estima iniciar as tratativas para a construção do equipamento em 2020, com a conclusão até 2023. O valor estimado de investimento na construção é de R$ 150 milhões.

“Esta gestão tem buscado dar destinação aos imóveis municipais sem uso. Meu sonho era concluir as construções inacabadas e dar a finalidade que o Vera Cruz – pela sua relevância na história da cidade – merece. Com a aprovação deste projeto pela Câmara, demos mais um passo para transformar este local em um novo Sesc, um grande complexo de lazer, cultura, esporte e entretenimento para a população”, afirmou Morando.

NOVO SESC

A unidade será erguida em uma área prevista de 19.328 m², com piscinas coberta e descoberta, odontologia, ginástica multifuncional, salas multiuso,  sanitários, apoio operacional, ginásio poliesportivo, área para exposições, praça de alimentação, galpão multiuso e teatro com mais de 800 lugares, que deve ser um dos maiores da cidade.

A planta apresentada pelo Sesc-SP respeita o projeto assinado pela arquiteta Lina Bo Bardi em meados da década de 1990, e que ficou inacabado. Entre os projetos desenvolvidos por Lina está o do Museu de Arte de São Paulo (Masp), cujo prédio completou 50 anos em 2018. A inspiração dela para desenvolver o antigo Centro de Convivência Vera Cruz, na década de 1990, foi o Sesc Pompeia, que ela também planejou.

Tombados pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de São Bernardo (COMPAHC), os pavilhões continuarão sob a administração da prefeitura. Esses espaços têm recebido gravações – em parceria com a Endemol – desde a retomada do Estúdio Vera Cruz pela prefeitura.

Desde 2017, apresentadores como Luciano Huck, Xuxa e Gugu Liberato passaram por lá, além de outros grandes nomes, como Gisele Bündchen, o astro do futebol Neymar e o cantor baiano Carlinhos Brown.

Quando não utilizado para o entretenimento, o local abre espaço para exposições e feiras de negócio, como as feiras de Noivas e de Malhas.

 

um comentário

  1. Daniele Ramos Aniceto

    Quero dar quando vai ter pré escola em horário integral precisamos urgente aqui no vera cruz são Bernardo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*