Últimas Notícias

Caixa quer atrair até 2.900 funcionários para PDV e economizar R$ 500 milhões por ano

A Caixa Econômica Federal anunciou ontem (22) novo programa de desligamento voluntário, que deve abranger, no máximo, 2.900 funcionários.Se esse limite for preenchido, o banco prevê economizar R$ 500 milhões por ano a partir de 2019.

“O objetivo do PDE (Programa de Desligamento de Em­pregado) é ajustar a estrutura ao cenário competitivo e econômico atual, buscando mais eficiência. O incentivo financeiro será oferecido aos empregados que desejarem se desligar da empresa e que se enquadrem nas regras do programa”, disse a Caixa em nota.

Segundo o banco, a adesão ao PDE ocorre de hoje a 5 de março, e o incentivo para a adesão é de 9,8 remunerações-base do empregado, valor que será pago em parcela única e sem a incidência de Imposto de Renda.

Os funcionários que vão se aposentar até 31 de dezembro e aderirem ao PDE poderão manter o plano Saúde Caixa. “Os demais casos terão a manutenção do plano por 24 meses, sem a possibilidade de prorrogação”, afirmou a instituição financeira.

Quem está apto

Os empregados que podem participar do programa são os que possuem no mínimo 15 anos de trabalho no banco, quem tem adicional de incorporação de função de confiança ou cargo em comissão ou função gratificada, os aposentados pelo INSS até a data do desligamento e os aptos a se aposentar até 31 de dezembro deste ano.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*