Minha Cidade, Regional, Sua região

Braskem realiza simulado de emergência no Alto da Serra

Braskem realiza simulado de emergência no Alto da Serra
Exercício contou com o apoio do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e SAMU de São Bernardo do Campo. Foto: Divulgação

A Braskem realizou, nesta quarta-feira (4), uma simulação de situação de emergência em um duto localizado no Alto da Serra, que transporta eteno da sua unidade de Químicos no ABC até a unidade de produção de polietileno (PE 8), em Cubatão (SP). A ação foi organizada pelas equipes de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SSMA) e de Manutenção e Produção da empresa, e contou com o apoio do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e SAMU, de São Bernardo do Campo e a Transpetro. Ao todo, cerca de 30 pessoas participaram da ação, que avaliou os sistemas de organização, comunicação e atendimento a emergência, bem como o resgate de uma vítima.

Durante o exercício, a equipe de SSMA simulou o vazamento de eteno causado por um furo em uma atividade de inspeção. O objetivo da ação é avaliar os protocolos da empresa para conter situações críticas que, hipoteticamente, possam ocorrer. “O treinamento nos traz importantes lições para aperfeiçoarmos nossas práticas. Essas atividades nos ajudam a definir estratégias e estimulam o trabalho em equipe e a integração entre empresas, instituições parceiras e órgãos públicos, gerando planos de ação para melhorias e garantindo agilidade em eventuais situações de emergência”, explica Luiz Sarno, engenheiro de segurança da Braskem.

Anualmente a Braskem realiza um simulado de emergência em um ponto determinado do Etenoduto. Este canal duto transporta eteno, uma matéria-prima gasosa produzida em uma das unidades da Braskem no Polo Petroquímico do Grande ABC até a fábrica da companhia na região industrial de Cubatão, na Baixada Santista, além de abastecer outras empresas locais. Ao todo, são 55 km de extensão, passando pelos municípios de Santo André, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Bernardo do Campo e Cubatão.

Entre os protocolos de segurança da empresa, o Etenoduto é monitorado online 24h por dia, direto da sala de controle da fábrica em Santo André. Dessa forma, a Braskem acompanha as indicações de pressão e vazão no duto durante a operação de transporte de eteno.

Além disso, há uma equipe de 14 pessoas que percorrem a pé o trecho do canal duto diariamente para fiscalização.

Presente na região há 60 anos, a Braskem segue os mais rigorosos padrões nacionais e internacionais de segurança de processos e tem como diretrizes a atuação responsável e o desenvolvimento sustentável de sua operação. O compromisso público com a preservação da integridade de seus colaboradores e da comunidade onde está inserida é reforçado por meio do cronograma anual de simulados e outras iniciativas da área de SSMA, realizadas em todas as unidades da companhia no mundo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*