Esportes, Futebol

Base pode ser a arma do São Paulo para fechar Brasileirão de bem com a torcida

Após afastar o risco do rebaixamento com a vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta no último sábado (22), o São Paulo quer fechar o Campeonato Brasileiro de bem com a torcida. A aposta do time para a paz são os jovens jogadores do elenco, que vem ganhando espaço.

Na última rodada, o técnico Ricardo Gomes escalou cinco jogadores da base no time titular e ainda deu oportunidade para outros dois atletas formados na equipe paulista entrarem no segundo tempo do duelo contra a Ponte Preta.

Lyanco e Rodrigo Caio formaram a zaga, João Schmidt entrou no meio e David Neres e Pedro ficaram na linha de frente. Wellington e Luiz Araújo entraram na etapa complementar.

Dentre esses jogadores, um deles foi destaque: David Neres. Depois de agradar a torcida nos 30 minutos em que atuou na virada são-paulina por 2 a 1 sobre o Fluminense pela 31ª rodada, o atacante ganhou chance no time titular e não decepcionou.

Neres, que ocupou o lugar de Chávez, conseguiu marcar seu primeiro gol como profissional diante dos quase 50 mil torcedores que acompanharam o triunfo sobre a Ponte Preta e caiu de vez nas graças dos são-paulinos.

“Isso se deve à boa formação do São Paulo. Quando você forma bem, você colhe. Quando cheguei ao São Paulo fiz dois jogos-treinos com o sub-20 e vi o David Neres, mas ele teve uma lesão de ombro e tinha feito dois jogos depois da cirurgia. Quando voltou, Neres sempre mostrou qualidade”, disse o técnico Ricardo Gomes em entrevista coletiva.

Para o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, o mérito das boas atuações com os jovens da base é de Ricardo Gomes. “É um time que já está amadurecendo. Vestir a camisa principal é diferente, mas acho que esse é um processo. Vamos estar, no começo do ano, com a equipe mais amadurecida”, disse Leco à ESPN.

Neres comemora seu primeiro gol como profissional. Foto: Rubens Chiri/SPFC

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*