Esportes, Futebol

Barcelona recebe multa, e Neymar assina por cinco anos com PSG

grafico-neymar

O Barcelona anunciou ontem (3) que recebeu o pagamento de € 222 milhões (R$ 824 milhões) que liberam Neymar para o PSG. O valor equivale à multa rescisória estabelecida pelo clube catalão para consumar a liberação do jogador.

Com o pagamento, o brasileiro vira o jogador mais caro da história do futebol mundial: custou mais que o dobro do segundo mais valioso, o francês Paul Pogba, do Manchester United.

“Estou extremamente fe­liz em me juntar ao Paris Saint-Germain”, disse Neymar Jr. em nota após assinar seu contrato com o PSG. “Desde que cheguei à Europa, o clube sempre foi um dois mais competitivos e ambiciosos. O maior desafio, o que mais me motivou a me juntar aos meus novos companheiros, foi ajudar o clube a conquistar os títulos que sua torcida quer. A ambição do PSG me atraiu para o clube, junto com a paixão e energia que isso trouxe. Joguei na Europa por quatro temporadas e me sinto pronto para aceitar este desafio. A partir de hoje, eu farei tudo para ajudar meus novos companheiros, abrindo novos horizontes para meu clube e levando felicidade aos milhões de colaboradores ao redor do mundo”, completou.

O contrato com o clube francês tem duração de cinco anos, até 30 de junho de 2022. “Neymar, atualmente, é um dos melhores jogadores de futebol do mundo. Sua mentalidade vencedora, força de caráter e senso de liderança o tornou um grande jogador. Trará energia muito positiva ao clube. Em seis anos, nós construímos um projeto muito ambicioso que já nos levou ao nível mais alto do futebol nacional e europeu”, afirmou Nasser Al-Khelaifi, presidente do Paris Saint-Germain.

O clube confirmou a negociação em nota na sua página oficial. Neymar deverá se apresentar hoje, em Paris.
O atacante usará a camisa 10 da equipe, que já conta com os brasileiros Daniel Alves, Thiago Silva, Lucas e Marquinhos.

A confirmação do pagamento ao Barcelona aconteceu após imbróglio envolvendo a liga de clubes da Espanha. A entidade que representa as equipes do país e que organiza o Campeonato Espanhol disse que não aceitaria o depósito que seria feito pelos representantes de Neymar. A liga declarou que a transação tinha ultrapassado o teto de gastos dos times europeus estipulado pela Uefa.
Depois disso, porém, o Barcelona confirmou que o negócio foi feito.

“Na tarde desta quinta-feira (ontem), representantes legais de Neymar Jr. visitaram pessoalmente os escritórios do clube e fizeram o pagamento de € 222 milhões em nome do jogador com relação ao término do contrato que unia as duas partes”, afirmou o Barcelona em comunicado.

“Assim, o clube encaminhará para a Uefa os detalhes da operação supracitada para que se possam determinar as responsabilidades disciplinares que podem surgir deste caso”, continua a nota.
Minutos depois de ser anunciado como reforço do PSG, Neymar se manifestou com uma série de vídeos no Instagram e pediu desculpas por contrariar o pai. “O Barcelona e a Catalunha estarão sempre em meu coração, mas eu precisava de novos desafios”, disse.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*