Esportes, Futebol

Baptista estreia contra Chape em reestruturação

Baptista: “A pressão que o time fazia na bola a gente também tem feito”. Foto:  Cesar Greco/Agência PalmeirasRemodelado. É assim que o Palmeiras versão 2017 fará seu primeiro teste hoje (21), às 16h30, contra a Chapecoense, em amistoso que vai marcar a volta do time catarinense aos campos após acidente aéreo em novembro, que vitimou 71 pessoas.

Campeão brasileiro de 2016, o Palmeiras estreia sob o comando do técnico Eduardo Baptista. Além dele, as caras novas são Antônio Carlos, Felipe Melo, Raphael Veiga, Hyoran e Keno. Os três primeiros serão titulares.

Os palmeirenses vão ter a oportunidade de ver a mudança do esquema tática do 4-3-3 para o 4-1-4-1, implementado por Baptista. O técnico, contudo, afirmou ter feito pequenas modificações e aproveita o trabalho do antecessor Cuca.

“A pressão que o time de Cuca fazia na bola a gente também tem feito”, falou.

Embora pegue uma Chape reconstruída e o jogo tenha grande carga emocional – as vítimas serão lembradas e os sobreviventes, homenageados –, o capitão Dudu é contundente e afirma que a hora em que a bola rolar, o teste será para valer, sem dar moleza para os adversários.

“Vai ser um pouco triste, mas também estamos felizes por ser o primeiro jogo da temporada. Vamos para ganhar o jogo. Deixamos nossos sentimentos para os familiares. É triste também para a gente, mas vamos lá para ganhar o jogo”, frisou o dono da camisa 7.

Sobrevivente da tragédia, o lateral Alan Ruschel ainda não tem condições de jogar, mas já conheceu os novos companheiros. O jogador resumiu o sentimento de voltar a estar presente no estádio e ver a Chape jogar outra vez.

“Era uma partida que a cidade estava precisando. Nada e ninguém vai apagar o que aconteceu, mas precisamos seguir”, afirmou.
O objetivo do duelo também é ajudar a equipe catarinense a se reestruturar.

Toda a bilheteria, assim como o dinheiro recebido pelo direito de transmissão, vai ficar em Chapecó. Além disso, o Palmeiras bancou sua própria viagem para San­ta Catarina.

De fora

Eduardo Baptista levou 23 jogadores para o duelo com a Chapecoense hoje (20), às 16h30, na Arena Condá.

Recém-contratados, os meias Michel Bastos e Alejandro Guerra não vão fazer sua estreia. Ambos aprimoram a forma física.
A tendência, segundo Baptista, é que o venezuelano inicie os treinamentos junto com os demais companheiros na segunda-feira.

Além deles, Vitor Hugo, Mina, Rafael Marques, Moisés, Willian e Lucas Barrios também ficaram em São Paulo. Desses, Mina é quem deve demorar mais tempo para voltar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*