Esportes, Futebol

Baptista deve assinar por um ano com o Palmeiras

O técnico Eduardo Baptista acertou contrato e dirigirá o Palmeiras em 2017. Segundo apurou a reportagem, o vínculo contratual do novo comandante será de um ano.

Restam alguns detalhes para o anúncio oficial. No planejamento consta que o Palmeiras deve confirmar o treinador até o final desta semana, quando Maurício Galiotte assumirá a presidência do clube como sucessor de Paulo Nobre.

Eduardo Baptista está no Rio, onde participa de um curso de treinadores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O técnico retornará da Capital carioca nos próximos dias para assinar o contrato com o clube paulista.

Baptista assume a equipe em janeiro, quando o Palmeiras deve realizar a pré-temporada na própria Academia de Futebol. Até lá, Eduardo Baptista já trabalha em conjunto com a diretoria alviverde para fechar novas contratações e começar a montar o grupo para o início da próxima temporada.

Fabiano

Autor do gol que garantiu o título brasileiro ao Palmeiras na vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense, o lateral direito Fabiano voltará para o Cruzeiro no próximo ano. Pelo menos é isso o que deseja o clube mineiro.

O vice-presidente de futebol da Raposa, Bruno Vicintin, disse que o Palmeiras não se manifestou sobre a opção de compra do lateral, com valor fixado até o dia 31, data em que termina seu vínculo de empréstimo com a equipe paulista. A tendência é que isso não aconteça.

Fabiano foi envolvido em uma troca após o Campeonato Paulista. Cedido por empréstimo ao Cruzeiro nessa negociação, Lucas retornará para o Palmeiras no início de 2017.

Ainda não se sabe, contudo, se Eduardo Baptista pretende colocar o jogador em seus planos ou se Lucas será novamente emprestado.

Baptista já trabalha em conjunto com a diretoria na definição de contratações. Foto: Arquivo

Auxiliar técnico Alberto Valentim publica carta e se despede do Palmeiras

Depois de dois anos como auxiliar fixo do Palmeiras, Alberto Valentim se despediu do clube de Palestra Itália ontem (13). Futuro técnico do Red Bull Brasil no Campeonato Paulista, o profissional publicou carta no site oficial do clube alviverde para justificar a saída.

Alberto Valentim era cotado para assumir o comando técnico do Palmeiras após a saída de Cuca. Sem a oportunidade, que deve ser destinada a Eduardo Baptista, o auxiliar optou por iniciar a carreira como treinador na equipe de Campinas.

O Palmeiras perdeu neste fim de ano a base da comissão técnica. Além de Cuca e Alberto Valentim, os auxiliares Eudes Pedro e Cuquinha também deixam o clube ao lado do técnico campeão brasileiro.

“Aceitei esse convite porque sempre disse que escolheria bem o lugar onde queria começar. As referências do clube (Red Bull) são as melhores possíveis, um lugar com pessoas sérias e um projeto vencedor. Estou muito confiante”, comentou Valentim.

A meta do Red Bull na próxima temporada é se manter na elite do futebol paulista e buscar o acesso dentro do Campeonato Brasileiro da Série D, no segundo semestre. Valentim já teve, ontem, o primeiro contato com os jogadores.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*