Esportes, Futebol, Paulistão

Baptista apoia críticas: ‘tem de reclamar se não vê bom futebol’

O técnico Eduardo Baptista afirmou não se incomodar com a pressão da torcida palmeiras durante a vitória sobre o São Bernardo por 2 a 0, ontem (16). Em determinado momento, a principal organizada do clube criticou o atual comandante e gritou o nome de Cuca.

“Foram 25 mil pessoas, numa quinta-feira. Se eles não veem futebol, têm de reclamar, jogar o time para cima. A gente lida muito bem com isso, não pode querer resolver com a torcida. Tem de resolver no campo”, afirmou.

Questionado sobre possível implicância da torcida palmeirense com seu trabalho, Baptista negou. Antigo treinador da Ponte Preta, ele foi contratado para substituir Cuca, campeão brasileiro.

“Não é implicância, não. É função minha fazer a equipe jogar. A cobrança da torcida é para ver o time campeão de 2016 jogando. Sei da responsabilidade, da pressão. Não me incomoda, só me motiva”, disse.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*