Política-ABC, São Caetano do Sul, Sua região

Auricchio anuncia cinco secretários; Regina Maura volta

João Manoel, Jefferson Cirne, Vidoski, Auricchio, Filinto Teixeira, Regina Maura e  Iliomar Darronqui, durante anuncio dos novos secretários. Foto: Divulgação

O prefeito eleito em São Caetano, José Auricchio Junior (PSDB), anunciou ontem (9) mais cinco integrantes de seu primeiro escalão a partir de 2017. Ex-secretária e candidata a prefeita na eleição de 2012, Regina Maura Zetone voltará ao comando da pasta de Saúde a partir do ano que vem, após quatro anos longe do cargo. O ex-vice-prefeito Iliomar Darronqui assumirá a Secretaria de Serviços Urbanos, enquanto o advogado Filinto de Almeida Teixeira passará a encabeçar a pasta de Mobilidade Urbana.

Para Cultura, o escolhido por Auricchio foi o chefe de gabinete da secretaria estadual de Cultura, João Manoel da Costa Neto. Já a pasta de Fazenda passará a ser chefiada pelo contabilista Jefferson Cirne da Costa. Os nomes somam-se aos quatro primeiros secretários já anunciados pelo tucano no final da semana passada: Beto Vidoski (Esportes, Turismo e Juventude); Enio Moro (Obras e Habitação); Erica Mateo Zygmunt (Assistência e Inclusão Social); e Sílvia de Campos (Planejamento e Gestão).

De acordo com Auricchio, assim como no anúncio anterior, o critério técnico norteou a escolha dos novos membros do primeiro escalão. Os outros sete demais secretários deverão ser anunciados até o dia 16, assim como o plano da minirreforma administrativa que deverá ser implementada pelo tucano no ano que vem. Auricchio também projetou orçamento enxuto, abaixo do R$ 1,3 bilhão estimado para 2017 pela gestão do prefeito Paulo Pinheiro (PMDB).

“É uma superestimação orçamentária. Na melhor das hipóteses vamos trabalhar em 2017 com o mesmo orçamento de 2016 (R$ 1.27 bilhão). Isso é altamente otimista, mas espero que a gente consiga concretizar”, destacou. Para equilibrar as finanças do município, o prefeito eleito promete implementar um “duro” ajuste econômico. “Talvez o maior da história de São Caetano. É um remédio amargo e difícil, mas teremos que aplicar. Trabalharemos para que ele seja breve” completou, sem detalhar ações e medidas que poderão ser implementadas.

Saúde 

Apesar de garantir que não “repetiria” a nomeação de secretários com passagem pelos seus dois mandatos à frente do Palácio da Cerâmica (2004 a 2012), Auricchio destacou que a indicação de Regina Maura busca evitar atrasos no plano de reestruturação da Saúde. “Para qualquer técnico de fora, o período de adaptação é de no mínimo seis meses e nesse tempo eu espero ter feito pelo menos uma parte do ajuste que temos que fazer. Para isso, preciso ter no comando alguém capacitado o suficiente para me permitir dormir tranquilo”, enfatizou o prefeito.

Apesar de inicialmente recusar o posto, Regina sustentou que concordou em retornar ao cargo devido à atual situação da saúde pública no município. “O prefeito me convenceu. A forma em que deixamos a Saúde e a situação que está agora é uma judiação. Não dá para, em um momento como este, abandonar a cidade”, disse.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*