Uncategorized

Ataque aéreo russo mata oito civis em aldeia no noroeste da Síria

Pelo menos oito civis, entre os quais cinco crianças, foram mortas na segunda-feira (23), após ataques aéreos russos em uma aldeia no noroeste da Síria, abrigo de deslocados. A informação é de Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

De acordo com a organização não-governamental, os ataques visaram a aldeia de Joubass, no sul da província de Idleb, matanto civis deslocados, que tinham se abrigado numa escola e junto a esse edifício.

As forças do regime sírio, com o apoio da aviação russa, têm intensificado os bombardeamentos na região, ao mesmo tempo que decorrem violentos combates no terreno contra grupos jihadistas e rebeldes.

Cerca de 80 civis foram já mortos em consequência desta nova escalada de combates.

A Turquia disse hoje que se encontra em conversações com a Rússia para obter um novo cessar-fogo em Idleb, advertindo que estes combates violam uma trégua em vigor desde agosto.

“Estes bombardeamentos devem cessar imediatamente”, explicou o porta-voz da presidência turca, Ibrahim Kalim, em entrevista à imprensa acompanhada pela agência France Press.

Também a Unicef se manifestou alarmada com o “peso da intensificação” da violência.

As forças do regime sírio retomaram o controle de 40 vilas e aldeias em área de 320 quilômetros quadrados numa ofensiva que acontece desde a última quinta-feira (19). De acordo com um comunicado hoje divulgado pelo Exército sírio, a meta é avançar até que a província de Idleb esteja “limpa de terroristas e dos seus apoiantes”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*