Editorias, Mundo, Notícias

Ataque a tiros deixa cinco mortos e oito feridos em aeroporto na Flórida

Incidente ocorreu próximo às esteiras de retirada de bagagem. Operações foram suspensas. Reprodução CNN

Um atirador abriu fogo na tarde de ontem (6) no aeroporto da cidade de Fort Lauderdale, no Estado americano da Flórida, matando cinco pessoas e ferindo outras oito. O suspeito se rendeu e foi preso pela polícia sem ferimentos. O incidente ocorreu no terminal 2, próximo às esteiras de retirada de bagagem. As operações do aeroporto foram suspensas.

Chip LaMarca, comissário do Condado de Broward, disse que o atirador era passageiro de um voo da companhia Air Canada que havia partido do Alasca. O homem tirou a arma de uma bagagem retirada da esteira, a carregou no banheiro e abriu fogo.

Aparentemente, a arma havia sido declarada de forma regular – podem ser transportadas descarregadas na bagagem despachada.
O senador democrata pela Flórida Bill Nelson disse à emissora de TV MSNBC que o suspeito foi identificado como Esteban Santiago, 26, e portava uma cédula de identidade militar. Não se sabe se o documento era realmente do atirador ou se era válido.

Testemunhas relataram aos veículos de comunicação que o atirador, que vestia uma camiseta da franquia de filmes “Star Wars”, atirou indiscriminadamente contra o público, sem motivo aparente e sem dizer nada. “As pessoas começaram a gritar e a tentar sair por qualquer porta e a se esconder sob as cadeiras”, relatou a testemunha Mark Lea à MSNBC.

Após ficar sem munição, o suspeito largou a arma e se rendeu, permanecendo deitado no chão com pernas e braços estendidos até ser preso. Segundo o xerife de Broward, Scott Israel, a polícia não disparou tiros durante a operação.

Uma porta-voz da Embaixada do Canadá nos Estados Unidos disse que o suspeito não tem relação com o país. Vídeos gravados com celulares e publicados nas redes sociais mostram várias pessoas aparentemente feridas e ensanguentadas na área de retirada de bagagens.

Espera na pista

Após o incidente, passageiros e funcionários que estavam no terminal foram retiradas e levadas para a região da pista do aeroporto. Imagens aéreas mostraram centenas de pessoas correndo e se agachando. Houve relatos de novos tiros disparados no aeroporto, mas a informação foi posteriormente desmentida pelas autoridades.

As entradas do aeroporto foram bloqueadas pela polícia até a situação no local ser controlada. As identidades das vítimas não foram divulgadas. Não se sabe o estado de saúde das pessoas que foram hospitalizadas. Não há informações sobre o tipo de arma utilizada pelo atirador.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi informado do incidente por seus assessores, mas não havia se pronunciado até o fechamento desta edição. O presidente eleito, Donald Trump, falou sobre o incidente na rede social Twitter. “Estou monitorando a situação terrível na Flórida. Acabei de conversar com o governador (Rick) Scott. Pensamentos e orações para todos. Fiquem seguros”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*