Esportes, Futebol, Paulistão

Atacante Dudu pede paciência à torcida palmeirense e defende Baptista

O atacante alviverde Dudu usou o início de Cuca no Palmeiras para defender o começo de trabalho do comandante Eduardo Baptista, que já sofre pressão  após o tropeço para o Ituano.

“Quando o Cuca chegou foram quatro derrotas seguidas. Depois, fez bem para o Palmeiras, fez um grande trabalho. Devemos esquecer um pouco o Cuca. É passado. Agora é o Eduardo”, disse.

“É só nosso segundo jogo oficial, precisamos ter mais de paciência”, acrescentou.

O próprio jogador, contudo, deixou claro que a derrota e a falta de bom futebol também o incomodam.

“Fico maluco (quando perco), porque gosto de ganhar. Quando as coisas não acontecem ficamos chateados por comentários da torcida, da imprensa, alguns duvidando do trabalho do treinador. Tentamos ajudá-lo da melhor forma, para que esses comentários não nos atrapalhem”, observou Dudu.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*