Copa do mundo, Esportes

Argentina joga a vida na Copa contra a Nigéria

Argentina joga a vida na Copa contra a Nigéria
Messi e Mascherano, durante treino da seleção argentina em Bronnitsy, perto de Moscou. Foto: Divulgação/AFA

Vivendo uma das maiores crises de sua história, a seleção da Argentina joga a vida na Copa do Mundo da Rússia hoje (26), às 15h (de Brasília), quando mede forças com a Nigéria no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo, pela última rodada do Grupo D.

A chave tem a líder Croácia com seis pontos, já classificada e com o primeiro lugar garantido. A Nigéria é a segunda colocada com três e a Argentina divide a última posição com a Islândia, que leva vantagem no saldo de gols e, no horário, mede forças com os croatas em Rostov.mesmo

Para avançar, a Argentina precisa vencer a Nigéria. Porém, para se classificar em segundo no Grupo D, torcerá para a Islândia não passar pelos croatas. Se os islandeses vencerem, a vaga será decidida nos critérios de desempate.

O maior problema da albiceleste vai ser superar a própria crise. Segundo a imprensa local, o técnico Jorge Sampaoli “perdeu o vestiário” e os atletas teriam armado o time para a partida. O treinador, porém, não dá ouvidos e prefere manter a confiança.

“Acredito que uma nova história para esta seleção começará a ser escrita nesta Copa a partir do jogo contra a Nigéria”, disse.

No auge da crise após a derrota para a Croácia, uma reunião foi realizada com o elenco, dirigentes e o técnico Jorge Sampaoli. Não foi Messi quem falou pelos jogadores. Foi Mascherano. Se o camisa 10 parece carregar o peso do mundo nos ombros, o volante é o mais desesperado para evitar a eliminação da seleção hermana. Afinal, a possibilidade é real de que esta seja sua última Copa.

Mascherano foi um dos líderes do pedido (atendido) para que a equipe atue contra a Nigéria com uma linha de quatro na defesa. Diante da Croácia, eram três defensores.

“Sejamos otimistas. Vamos nos agarrar ao que fizemos no passado. Somos os atuais vice-campeões do mundo e temos de mostrar isso em campo. Vou crer neste grupo até o último dia”, disse.

 

ARGENTINA X NIGÉRIA

Ár­bi­tro: Cuneyt Cakir (Turquia). Estádio: Arena São Petersburgo, às 15h. TV: Globo, Fox Sports, Sportv.

NIGÉRIA
Uzoho; Omeruo, Ekong, Balogun; Ebuehi, Ndidi, Mikel, Etebo, Moses; Iheanacho, Musa. Técnico: Gernot Rohr.

ARGENTINA
Armani; Salvio, Mercado, Otamendi, Tagliafico; Banega, Mascherano, Perez, Di Maria; Messi, Higuain. Técnico: Jorge Sampaoli.

 

Islândia encara reservas da Croácia e ‘seca’ a Nigéria

Em sua estreia em Copa do Mundo, a Islândia chega à terceira rodada da primeira fase sonhando com a classificação para as oitavas de final. Para isso, a seleção nórdica precisa vencer a Croácia hoje, às 15h (de Brasília), na arena Rostov.

Além de jogar pela vitória, a Islândia tem de torcer contra a Nigéria, que é seu principal concorrente. Com um ponto, a seleção europeia não pode ver os africanos, que somam três pontos, vencerem a Argentina. Além disso, o eventual triunfo sobre a Croácia tem de ser no mínimo por dois gols de diferença.

A situação não é nada fácil para a Islândia, que marcou apenas um gol nas duas partidas disputadas. Porém, levando em consideração o retrospecto recente, nada é impossível. Na Eurocopa de 2016, a seleção ficou entre as oito melhores, deixando para trás simplesmente a Inglaterra em um duelo memorável pelas oitavas de final.

Caso a Argentina vença a Nigéria, a situação pode ficar facilitada para a Islândia, já que a seleção europeia tem um gol de saldo a mais que os sul-americanos.

Para esse jogo, o técnico da Islândia, Heimir Hallgrimsson, quer usar o fato de ser um “azarão!” para buscar a classificação. “Para países como Argentina, Portugal e Alemanha, seria um choque não se classificar. Mas se a gente conseguir, seria o maior feito da história do futebol da Islândia”, comentou.

A boa notícia é que a Croácia usará vários jogadores reservas. Como já está classificada e com bom saldo de gols até o momento (5), a Croácia dificilmente perderá a liderança do Grupo D. E se mantiver essa posição, provavelmente fugirá de um confronto com a França no primeiro “mata-mata”.

Considerando que a classificação em primeiro lugar está bem encaminhada, o técnico Zlatko Dalic não colocará em campo jogadores como Rakitic, Mandzukic, Brozovic e Rebic, todos pendurados com um cartão amarelo. Modric, autor de dois gols nos primeiros dois jogos, também não tem escalação confirmada.

 

ISLÂNDIA X CROÁCIA

Ár­bi­tro: Antonio Mateu (Espanha). Estádio: Arena Rostov, às 15h. TV: Globo, Fox Sports, Sportv.

ISLÂNDIA
Halldorsson; Saevarsson, Arnason, Sigurdson, Magnusson; Gunnarsson, Hallfredsson, Gudmundsson, Sigurdsson, Bjarnason; Finnbogason. Técnico: Heimir Hallgrímsson.

CROÁCIA
Kalinic; Jedvaj, Corluka, Vida, Pivaric; Badelj, Kovacic, Bradaric; Pjaca, Kramaric, Perisic. Técnico: Zlatko Dalic.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*