Copa do mundo, Esportes

Argentina e Uruguai renovam aliança para candidatura de 2030

Os presidentes de Argentina e Uruguai, Mauricio Macri e Tabaré Vázquez, se encontraram em Buenos Aires ontem (19) e reforçaram a aliança da candidatura platina, que também conta com o Paraguai, para sediar a Copa do Mundo de 2030.

“Estamos com muitas es­peranças de que tudo se repita no rio da Prata, cem anos depois”, disse Macri, em referência à primeira Copa do Mundo da história, realizada no Uruguai, em 1930.

Os dois líderes participaram da inauguração oficial da nova embaixada uruguaia em Buenos Aires, ontem.

Durante o evento, Vázquez presenteou Macri com uma réplica da bola de futebol que foi utilizada na final da Copa do Mundo de 1930, em Montevidéu, que foi decidida pelas seleções dos dois países e que teve o Uruguai como campeão, após vencer por 4 a 2.

 2026

Na semana passada, a candidatura conjunta formada por Canadá, México e Estados Unidos foi escolhida para sediar a Copa do Mundo de 2026, vencendo Marrocos em eleição realizada pela Fifa.
Além dos sul-americanos e do Marrocos, há especulações de que a Inglaterra e também a China poderiam entrar na briga para sediar o Mundial de 2030.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*