Brasileirão, Esportes, Futebol

Após terceira eliminação, Lucas Pratto admite forte pressão no São Paulo

Pratto: “Muitos jogadores estão com confiança baixa e precisamos recuperá-los”. Foto:  Marcelo D. Sants/FramePhoto/FolhapressNo dia seguinte à terceira eliminação consecutiva nesta temporada, desta vez na Copa Sul-Americana, o São Paulo tentou, ontem (12), buscar explicações para o novo vexame. Para o atacante Lucas Pratto, muitos jogadores estão com a confiança baixa.

“O que aconteceu é que perdemos confiança individualmente. Perdemos o Cueva e outros por lesão, e alguns baixaram o nível, como eu. Depois, tivemos crescimentos individuais, mas faltou confiança. Muitos estão com a confiança baixa e precisamos recuperá-los”, disse.

O atacante deu a cara para bater e traçou um cenário de alto risco daqui para frente no São Paulo, com consequências até para o técnico Rogério Ceni.

Questionado sobre se Ro­gério Ceni teria perdido o emprego caso não fosse um ídolo no clube, Lucas Pratto ponderou: “Demitido, eu não sei, mas pressionado acho que ele está, assim como nós”, disse o atacante.

“A pressão por jogar em um time grande nós sempre teremos. O Rogério jogou 25 anos no São Paulo, ganhou tudo, sabe bem o que é ser jogador ou treinador do São Paulo. Porém, demissão é uma palavra forte. Ficamos fora de três competições, mas perdemos pouco”, afirmou o centroavante.

O argentino ainda pediu desculpas e mais paciência à torcida são-paulina. “Vamos tentar reverter a situação e fazer de tudo para começar, no domingo (14), a dar passos pequenos e firmes para brigar pelo Brasileiro”, disse Pratto, referindo-se à estreia no nacional contra o Cruzeiro, às 16h, no Mineirão.

Sem arrependimento

O argentino afirmou que não se arrepende por ter trocado o Atlético-MG pelo São Paulo no início deste ano. “Vim porque era o momento certo, porque queria jogar aqui. Obviamente queria estar na final do Estadual, seguir na Copa do Brasil e na Sul-Americana, mas o presente é diferente e preciso me focar com meus companheiros no Brasileiro”, comentou.

 

Sem espaço no Tricolor, zagueiro Breno vai reforçar o Atlético-GO até dezembro

O zagueiro Breno, do São Paulo, está de mudança para o Atlético-GO. Em contato com a reportagem, o diretor de futebol do clube goiano, Adson Batista, confirmou a contratação do jogador por empréstimo até dezembro. O período coincide com o fim de seu vínculo com o São Paulo. Entretanto, o contrato deve ser ampliado pela direção tricolor, que deve oficializar a transação nos próximos dias.

Caso o São Paulo não pro­longue seu acordo com o atleta, terá 30% de direitos em futuras negociações. Sem espaço no elenco de Rogério Ceni, Breno realizou apenas cinco partidas na atual temporada e tem recebido menos oportunidades do que Rodrigo Caio, Maicon, Lucão e Lugano. Por isso, o jogador pediu para ser emprestado.

Hoje com 27 anos, Breno retornou aos gramados pelo São Paulo em 2015 depois de ser preso na Alemanha por incendiar a própria casa. O jogador teve dificuldades para atuar em 2016 por problemas físicos, mas voltou aos planos nesta temporada após intervenção cirúrgica.

Breno será o décimo reforço do Atlético-GO para a disputa do Campeonato Brasileiro.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*