Brasil, Editorias, Notícias

Após retirar cálculo da bexiga, Bolsonaro está estável, diz boletim médico

Após retirar cálculo da bexiga, Bolsonaro está estável
Bolsonaro passou pela sexta cirurgia desde setembro de 2018, quando foi atingido com uma facada em atividade de campanha. Foto: Marcelo Camargo/ABr

Após passar por cirurgia para retirada de cálculo na bexiga, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está clinicamente estável, sem febre e sem dor. A intervenção foi realizada na manhã desta sexta-feira (25) no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Segundo boletim médico, o cálculo foi totalmente removido. O procedimento – chamado cistolitotripsia endoscópica a laser – foi realizado sem intercorrências e teve duração de uma hora e meia. O boletim é assinado pelo cardiologista Leandro Echenique, pelo urologista Leonardo Lima Borges e pelo diretor-superintendente do hospital, Miguel Cendoroglo.

Bolsonaro foi diagnosticado com cálculo no final de agosto, após ser submetido a ultrassonografia no departamento médico do Palácio do Planalto.

De início, a operação estava prevista para ser realizada com o urologista Miguel Srougi. A mudança de planos, porém, veio após o presidente tomar conhecimento de críticas de Srougi a sua atuação diante da pandemia da covid-19.

Esta é a sexta cirurgia pela qual o presidente passa desde setembro de 2018, quando foi atingido com uma facada em atividade de campanha. Desde então, o presidente passou por quatro cirurgias em decorrência do ferimento. Bolsonaro ainda realizou no início deste ano uma vasectomia.

O presidente revelou a necessidade da nova cirurgia a apoiadores no dia 1º de setembro. Bolsonaro disse que estava com um cálculo na bexiga “maior que um grão de feijão”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*