Economia, Notícias

Após repatriação, contas públicas voltam ao vermelho em novembro

Após resultado positivo em outubro devido às receitas com o programa de repatriação, o setor público (União, Estados e municípios) voltou a registrar déficit no mês passado.

O resultado primário ficou negativo em R$ 39,1 bilhões em novembro. No acumulado em 12 meses até novembro, o déficit é de R$ 156,8 bilhões, o que corresponde a 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) – a meta deste ano é de déficit de R$ 163,9 bilhões para União, Estados e municípios.

“Tivemos em novembro a retomada da trajetória que vínhamos observando ao longo do ano nos resultados fiscais”, disse o chefe-adjunto do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Renato Baldini.

O chefe-adjunto destacou que os resultados fiscais têm sido afetados pelo nível de atividade econômica. “Isso se manifesta principalmente na queda de arrecadação”, disse.

De acordo com Baldini, o teto para o crescimento dos gastos públicos, aprovado re­­centemente pelo Congresso Nacional, e a reforma da Previdência Social, que ainda está em discussão, vão contribuir para dar maior equilíbrio às contas públicas.

Baldini lembrou, no entanto, que o impacto dessas medidas não será sentido agora. “Essas coisas não acontecem de uma hora para outra”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*