Esportes, Futebol

Após nova falha de Denis em Chapecó, São Paulo procura goleiro para 2017

Denis voltou a cair de rendimento na reta final deste ano. Foto: Rubens Chiri/SPFCEstá cada vez mais difícil para a diretoria do São Paulo continuar com o discurso de que não precisa de um novo goleiro para a próxima temporada.

Após mais uma falha de Denis, no primeiro gol da derrota para a Chapecoense por 2 a 0, a pressão ficou gigante para que o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, vá atrás de outro goleiro.

Não há nome definido, mas a certeza de que é preciso um goleiro de mais peso para ser titular em 2017. Cássio, insatisfeito com a reserva no Corinthians, pode ser opção.

Denis não teve bom começo de ano, evoluiu no meio da temporada e voltou a cair de rendimento nesta reta final de campeonato.

Ao mesmo tempo em que faz defesas difíceis, Denis erra em fundamentos básicos como posicionamento ou ir na bola com a “mão mole”.

Com pouca experiência, só tem mais um ano de contrato com o São Paulo. Segundo o “Blog do Menon”, a insatisfação da diretoria foi transmitida ao próprio goleiro, após a derrota de domingo, e a Carlos, preparador de goleiros.

“Está sendo ruim para você e para o São Paulo” disseram a Denis. “Não dá mais. O São Paulo está sendo prejudicado”, ouviu o preparador.

O reserva Renan Ribeiro não é considerado opção, já que é colocado no mesmo nível de Denis. Léo, o terceiro goleiro, está no clube desde 2004, só fez um jogo oficial pelo São Paulo e seu contrato encerra no próximo mês, mas não deve ser renovado.

Resta saber se, aos 29 anos, Denis aceitará ser reserva novamente no São Paulo.

O São Paulo amarga ano muito ruim. Em 69 jogos, teve 25 triunfos, 18 empates e 26 derrotas. Terá de vencer as duas partidas restantes para não acabar com mais derrotas que vitórias, o que não ocorre desde 1940. Além disso, corre o risco de, depois de 14 anos, não conseguir vaga para torneios continentais, Libertadores ou Sul-Americana. Hoje, estaria fora dos dois.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*