Esportes, Paulistão

Após derrota em clássico, São Paulo demite Dorival

Após derrota em clássico, S.Paulo demite Dorival
Dorival Júnior comandou o São Paulo em 40 partidas. Foto: Mauro Horita/Folhapress

Dorival Júnior não é mais o técnico do São Paulo. Após reunião da qual participaram integrantes do departamento de futebol e da cúpula do clube ontem (9), foi definida a demissão do treinador, que tinha contrato até o final do ano. Ainda não foi acertado quem será o substituto. André Jardine, Diego Aguirre, Jorginho, Leonardo, Vanderlei Luxembur­go, Abel Braga e Cuca têm seus nomes especulados.

Jardine, técnico do sub-20 tricolor, estava de férias, mas assumiu interinamente o cargo e comandará o time amanhã (11), no Morumbi, diante do Red Bull. A principal organizada do clube, a Independente, já convocou protesto para ninguém entrar no estádio.

Poucos minutos após a demissão, Dorival falou à imprensa na saída das dependências do clube. “Deixamos uma bela base e não tenho dúvidas de que vai crescer. O tempo vai mostrar um pouco mais.”

“Fico satisfeito com tudo que recebi dentro do São Paulo e com a maneira como tentamos fazer nosso melhor. É um fato normal, corriqueiro. (Deixo) agradecimento diferenciado ao Raí, que assumiu novo cargo e sempre se mostrou muito correto, assim co­mo toda a diretoria, desde o ano passado”, completou o ex-treinador do São Paulo.

Derrota decisiva

A derrota para o Palmeiras por 2 a 0 na quinta-feira foi decisiva para a queda de Dorival. Com o resultado, a equipe fechou a primeira fase do Paulistão sem vencer clássicos – o time também perdeu para o Corinthians e o Santos.

Apesar da classificação pa­ra as quartas de final, a campanha da equipe é bastante irregular no estadual: são 14 pontos conquistados em 11 jogos, com quatro vitórias, dois empates, cinco derrotas e 42,4% de aproveitamento. O time ainda não tem a liderança do Grupo B assegurada.

Contratado para substituir Rogério Ceni em julho do ano passado, Dorival dirigiu o time em 40 partidas, com 17 vitórias, dez empates e 13 derrotas – aproveitamento de 50,83%.

 

Clube consulta Aguirre; Leonardo e Jorginho também são cotados

O São Paulo já age no mercado para encontrar o substituto para Dorival Júnior. Segundo apurou a reportagem, representantes do clube consultaram Diego Aguirre, que está desempregado desde a saída do San Lorenzo-ARG, no ano passado.

O departamento de futebol, porém, não trabalha só com o nome do uruguaio. Também ex-jogadores do São Paulo, Jorginho e Leonardo aparecem entre os mais cotados.

Essa não é a primeira vez que o Tricolor se interessa em Aguirre. No fim de 2015, antes de contratar Edgardo Bauza, o clube o sondou.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*