Brasileirão, Esportes, Futebol

Após brilhar contra o Tucumán, Willian espera derrubar tabu no Choque-Rei

Willian: “Quando é clássico, tudo fical igual”. Foto: Cesar Greco/Agência PalmeirasApós conseguir vaga nas oitavas de final da Libertadores, o Palmeiras volta suas atenções para o clássico contra o São Paulo, amanhã (27), no Morumbi. Artilheiro do time na temporada, com nove gols, Willian deve iniciar como titular.

O atacante entrou na etapa final contra o Tucumán na quarta-feira e, em melhor condição física do que alguns titulares, não deve ser poupado para o Choque-Rei.
“Quando se trata de clássico, tudo fica igual. Hoje a gente vive melhor momento, mas isso não tira a qualidade do São Paulo. Vai ser meu primeiro clássico no Morumbi”, disse Willian. “Espero que o tabu termine, é nosso objetivo”, acrescentou o jogador, lembrando dos 23 jogos sem ganhar do rival no estádio.

Dos nove gols do atacante no ano, sete foram marcados quando a partida estava empatada e outros dois, quando o Palmeiras perdia. Cinco desses gols ocorreram após sair do banco de reservas.

Willian fez questão de rejeitar o rótulo de talismã. “Descarto essa situação (de ser talismã). Tenho 24 jogos pelo Palmeiras, 19 como titular. Temos um grupo competitivo. Vim para cá sabendo dessa dificuldade, mas não caí de paraquedas. Vim porque fiz grandes trabalhos em outros clubes. Acredito que estou aproveitando as oportunidades”, comentou.

O camisa 29 reforçou que não se vê como reserva. “Trabalho muito sério, a gente mata um leão por dia. Se domingo você vai bem e quarta vai mais ou menos, já é cobrado. Até parece que fiquei mais no banco do que entrei jogando, então é bom lembrar que fiz quase 80% dos jogos como titular”, finalizou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*