Copa Paulista, Esportes

Após 1ª vitória, Régis prevê evolução do São Caetano

Após 1ª vitória, Régis prevê evolução do São Caetano
Régis: “Esse gol (contra o Osasco) significa muito”. Foto: Fabrício Cortinove/AD São Caetano

Na luta pela classificação à segunda fase da Copa Paulista, o São Caetano goleou o Grêmio Osasco por 5 a 0 fora de casa, no último domingo, e agora lidera o Grupo 4 com quatro pontos ao lado do Santo André, após duas rodadas.

De volta ao time titular no último fim de semana, o volante Régis destacou a importância do resultado para a sequência do Azulão no campeonato, que dará ao campeão uma vaga na Série D do Brasileiro em 2020. Basta lembrar que, há sete anos, a equipe do ABC não marcava cinco gols na condição de visitante.

“O São Caetano mostrou que tem muito para evoluir na Copa Paulista, que é bastante disputada. Porém, é importante destacar que quando a gente ganha nem tudo está bom e quando a gente perde nem tudo está ruim. Sendo assim, a gente precisa manter esse equilíbrio para conseguir mais uma vitória fora de casa, na próxima rodada”, disse.

Sob o comando de Marcelo Vilar, que fará sua estreia após se destacar no Ferroviário-CE, o Azulão enfrentará o Água Santa no próximo sábado, às 15h, no estádio do Inamar.

Será o retorno do Netuno a sua arena depois de ceder o estádio para a realização de treinos das seleções que disputaram a Copa América.

REENCONTRO

Régis foi autor de gols decisivos na campanha do acesso à elite do Campeonato Paulista em 2017. O tento anotado contra o Osasco foi o primeiro do volante desde o retorno de empréstimo ao São Bernardo. Por isso, ba­lançar as redes novamente no domingo passado foi mais que especial para o atleta.

“Esse gol significa muito. O começo do ano não foi muito bom, mas voltei mais confiante após ser emprestado. Com todo o apoio recebido da diretoria, estou conseguindo realizar meu trabalho como estava fazendo antes. Quero dar a volta por cima”, desejou Régis.

Mesmo atuando como vo­lante, Régis possui nove gols marcados em 45 partidas disputadas pelo São Caetano. Os mais importantes foram os feitos contra Rio Claro e Bragantino, em jogos que garantiram, respectivamente, o acesso e o título na Série A2 em 2017.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*