Esportes, Futebol, Paulistão

Antes de enfrentar a Ponte, Dorival Júnior rebate ‘impaciência’ e vê Santos crescendo

Dorival vê Santos no mesmo nível dos demais “grandes”. Foto: Ivan Storti/Santos FCDorival Júnior está em casa no Santos, mas confessa desconforto com o que considera “impaciência” de alguns torcedores.

Campeão paulista (2010 e 2016) e da Copa do Brasil (2010) pelo clube, Dorival gosta de apostar em novos talentos. Foi com o técnico que Philippe Coutinho teve chance no Vasco, Neymar explodiu no Santos e Filipe Luís foi profissionalizado no Figueirense. Os três jogadores deverão estar com a seleção brasileira na Copa de 2018.

Antes da partida com a Ponte Preta, pelas quartas de final do Estadual, hoje (1º), às 16h, em Campinas, o técnico descartou mudar suas convicções, quer as críticas venham ou não. Ou mesmo que não as entenda.

“É uma impaciência muito grande (de parte da torcida). Não vejo essa diferença tão grande entre o Santos e as outras grandes equipes do país. Todas passam por algumas inconstâncias”, disse.

Ainda durante a primeira fase, após a derrota para o São Paulo, começaram os rumores de que outro técnico poderia ser contratado. Dorival deu as costas às especulações. Considera que tem características que casam com a filosofia do Santos. Principalmente dar chance a garotos. Usou dez oriundos da base na primeira fase do Paulista e um – Thiago Maia – deverá jogar nesta tarde em Campinas.

“Olhar a base é a única maneira de criar identidade de jogadores com os clubes. Sempre procurei valorizar isso e bate com o que o Santos pensa. Não adianta somente investir e não dar oportunidade para quem já está lá”, afirmou.

O Santos terminou a primeira fase com 22 pontos, três a menos do que Palmeiras, que mais pontuou no Estadual. O alvinegro liderou o Grupo D.

Ausência

Zeca está mesmo fora do primeiro duelo do Santos com a Ponte Preta. Os exames na coxa direita do lateral esquerdo apontaram edema muscular, e ele sequer ficará nem no banco.

A posição será ocupada pelo improvisado Jean Mota. O meia, que jogou na lateral na última quarta-feira, na vitória sobre o Novorizontino, voltará a atuar por ali.

Mota havia ficado fora do treino de quinta-feira para tratar de questões familiares, o que deixou Dorival Júnior sem opções. Ontem (31), porém, o meia se apresentou e foi confirmado.

O restante da escalação em Campinas terá os nomes do habitual time titular santista.

 

PONTE PRETA X SANTOS

Árbitro: Salim Fende Chavez. Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas, às 16h (pay-per-view).

PONTE PRETA

Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Yago e Reynaldo; Fernando Bob, Elton e Jadson (Cajá); Clayson. Pottker e Lucca. Técnico: Gilson Kleina.

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato, Thiago Maia, Lucas Lima e Vitor Bueno; R.Oliveira e Bruno Henrique.Técnico: Dorival Júnior.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*