Copa do mundo, Esportes

Antes crítico, Tite vira escudo para Neymar

Antes crítico, Tite vira escudo para Neymar
Tite separa briga de Guilherme Andrade e Neymar, em 2012. Foto: Reprodução/GE

“Perder ou ganhar faz parte do jogo. Simular uma situação não é do jogo, isso é mau exemplo para garoto, para quem está crescendo, para meu filho.” A queixa foi de Tite em 2012 e tinha Neymar como alvo.

Hoje defensor do atacante criticado por rivais, que o acusam de simular lances e se jogar em campo, o técnico da seleção brasileira atacou o então jogador do Santos no Campeonato Brasileiro de 2012.

Na oportunidade, o Santos venceu o Corinthians, então comandado por Tite, por 3 a 2, na Vila Belmiro. O treinador disparou contra a arbitragem em razão de um pisão dado pelo santista no lateral direito Guilherme Andrade.

Em vídeo divulgado pelo Esporte Interativo, o técnico questionou sobre se em alguma partida do Corinthians contra o Santos sua equipe havia sido desleal e recordou lance da expulsão do atacante Sheik em jogo daquele mesmo ano, pela Libertadores, após entrada em Neymar.

“O Emerson foi expulso (pela Libertadores), deu um carrinho imprudente. Aí o Neymar caiu e rolou. Quando o Emerson foi expulso, ele se levantou e estava bom”, disse Tite antes de proferir a frase sobre simulação que abre este texto.

Após a vitória da seleção brasileira sobre o México por 2 a 0, nesta segunda-feira (4), o técnico Juan Carlos Osorio criticou o camisa 10 do Brasil, que, segundo ele, teria fingido ter levado um pisão de Layun e valorizado em outros lances.

“É uma vergonha para o futebol que se perca tanto tempo com um só jogador. Nossos jogadores se cansaram com situações de jogo que demoravam, uma durou quatro minutos. Não é um bom exemplo para o futebol e para o mundo do futebol, sobretudo para todas as crianças que assistem ao jogo”, disse Osorio – que, sem mencionar diretamente o atacante brasileiro, ainda falou em “vergonha”, “palhaçada” e “mau exemplo” no jogo.

SEM RESPOSTA

Durante entrevista coletiva, Tite evitou confrontar diretamente o comandante adversário e não deixou o jogador responder ao questionamento de um repórter sobre as críticas.

“Eu não vou responder ao Osorio, eu vi o lance. Todos que estão me assistindo tirem sua conclusão, pois o vídeo está aí. Imagem não questionamos”, afirmou o treinador, referindo-se ao pisão dado pelo mexicano Layun no tornozelo do brasileiro.

Neymar vem sendo alvo de críticas de ex-jogadores e celebridades durante a Copa do Mundo da Rússia. Tite tenta blindar seu principal atleta para o confronto contra a Bélgica, na próxima sexta-feira (6), às 15h, em Kazan, pelas quartas de final do Mundial.

 

Douglas Costa e Marcelo são liberados para jogo contra a Bélgica

O lateral esquerdo Marcelo e o atacante Douglas Costa estão à disposição de Tite para o duelo contra a Bélgica, na próxima sexta-feira (6), em Kazan, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

Ambos treinaram normalmente ontem com os jogadores que ficaram na reserva (ou entraram durante a partida) na vitória sobre o México na segunda, pelas oitavas de final do Mundial. Os titulares ficaram no hotel, onde fizeram trabalho regenerativo.

Marcelo e Douglas Costa participaram de um treino em campo reduzido e de atividade de finalizações com cruzamentos pelo lado sem limitações.

Marcelo deve retomar a vaga na lateral esquerda, no lugar de Filipe Luís, que o substituiu nos jogos contra Croácia e México.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*