Arte & Lazer

Angelina Jolie pede divórcio de Brad Pitt, diz site

Atriz entrou com o pedido  separação nesta segunda-feira, alegando diferenças  irreconciliáveis. Foto: Divulgação

Pitt e Angelina Jolie, que formaram um dos casais mais famosos do cinema americano, não estão mais juntos. As informações são do site “TMZ”. De acordo com a publicação, a atriz entrou com o pedido de divórcio nesta segunda-feira (19), alegando diferenças irreconciliáveis. Angelina também pediu a guarda dos seis filhos, embora tenha garantido que Pitt terá direito de visitá-los.

Chamados na internet pelo apelido de “Brangelina”, ambos se conheceram durante as filmagens do longa de ação “Sr. e Sra. Smith”, em 2003, e começaram a namorar no ano seguinte. Oficialmente, eles se casaram em 2014. Juntos, tiveram seis filhos: três adotados (Maddox, Pax e Zahara) e três biológicos (Shiloh e os gêmeos Knox León e Vivienne). Angelina também é conhecida por atuar em causas humanitárias.

Jolie já havia se casado duas vezes, com os atores Jonny Lee Miller e Billy Bob Thornton. Pitt se uniu à estrela de “Friends”, Jennifer Aniston, a quem deixou por causa de Angelina.

A atriz Marion Cotillard, com quem Pitt contracena no filme “Aliados”, é apontada como pivô do divórcio, segundo informações da coluna “Page Six” do jornal americano “New York Post”. De acordo com a publicação, Angelina teria contratado um detetive particular para descobrir se Pitt a estava traindo com a colega de elenco, e ele teria constatado que sim.

Ainda segundo a coluna, o detetive também teria descoberto que Pitt estaria tendo uma rotina de solteiro enquanto gravava “Aliados” em Londres. Desde que a reportagem do “New York Post” foi publicada, os perfis de Cotillard nas redes sociais têm sido atacados por fãs do então casal “Brangelina”.

Brad Pitt se pronunciou sobre sua separação. “Estou muito triste com tudo isso, mas o mais importante é o bem-estar das nossas crianças. Eu gentilmente peço que a imprensa dê o espaço que eles merecem durante esse período difícil”, afirmou o ator em um comunicado enviado à revista americana “People”.

Jolie, que alegou diferenças “irreconciliáveis”, também emitiu um comunicado por meio de seu advogado, Robert Offer. “A decisão foi feita pela saúde da família. Angelina não vai comentar o assunto e pede que seja dada privacidade à família nesse momento”, disse o defensor.

Surpresa

A separação de Brad Pitt e Angelina Jolie pegou o pai da atriz, o ator Jon Voight, de surpresa. “Algo muito sério deve ter acontecido para Angie tomar uma decisão assim”, disse Voight ao site americano “Inside Edition”.

Ao site “Us Weekly”, o pai de Angelina disse não ter ideia do que aconteceu. “Mas vou descobrir.Estou preocupado com Angie e com as crianças.As crianças são prioridade na vida dela e espero que estejam bem. É algo difícil para eles superarem.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*