Diadema, Minha Cidade, Sua região

Alunos de Diadema vivenciam empreendedorismo

Alunos de Diadema vivenciam empreendedorismo
Proposta pedagógica é sensibilizar os alunos, por meio de atividades lúdicas, a assumirem riscos calculados, tomarem decisões e terem ideias inovadoras. Foto: Thiago Benedetti/PMD

Com o objetivo de incentivar o desenvolvimento das habilidades e comportamentos empreendedores, a Prefeitura de Diadema realizou nesta terça-feira, 26, a 4ª Feira do Empreendedor Mirim, no Shopping Praça da Moça. O evento é resultado do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), desenvolvido em 18 escolas do município, no Programa Cidade na Escola em parceria com o Sebrae.

A proposta pedagógica é sensibilizar os alunos, por meio de atividades lúdicas, a assumirem riscos calculados, tomarem decisões e terem ideias inovadoras. Os estudantes puderam vivenciar todas as etapas de criação de uma empresa desde produção, planejamento, marketing de produtos até a venda.

“Este é o dia mais esperado para eles desde que iniciam o projeto. É o momento que conseguem ver a realização de tudo o que trabalharam durante meses. A Feira proporciona aos alunos, além da vivência do empreendedorismo, a chance de entender o lucro e pensar no que podem fazer com o valor arrecadado”, ressaltou a primeira-dama Caroline Rocha.

O trabalho foi desenvolvido de acordo com os temas propostos para cada ano do ciclo. O primeiro ano teve como temática “o mundo das eras aromáticas” e os alunos venderam chás, aromatizantes de ambiente, entre outros. Já o segundo trabalhou “temperos naturais” e o quinto ano “sabores e cores”. A criatividade maior ficou por conta salas de terceiros anos que produziram brinquedos ecológicos. Entre os comercializados estavam boliche, jogo da velha, pega vareta, pebolim e muito mais.

“O projeto possibilita aos estudantes a oportunidade de vivenciar práticas de empreendedorismo em um ambiente comercial. Além disso, também é trabalhada a matemática, fala, comportamento, educação financeira”, comentou o secretário de Educação, Cacá Vianna.

“Achei muito incrível. Fizemos várias coisas legais. Eu agradeço muito aqueles que planejaram essa feira”, contou Ryan Borges, aluno do terceiro ano da EMEB Florestan Fernandes. Já Vitória Pereira Lins, também aluna do terceiro ano da EMEB Florestan Fernandes, ficou animada com a receptividade dos produtos de sua turma. “Eu gostei muito que todo mundo comprou os nossos brinquedos ecológicos. Fizemos com muito esforço e carinho”, complementou.

“Eu estava muito ansioso para ser vendedor. Estou me sentindo muito feliz”, afirmou Matheus Lopes, aluno da EMEB Zilda Gomes.

IOEB

A Educação de Diadema alcançou resultados positivos nos últimos anos. O mais recente foi anunciado nesta semana – o crescimento no Índice de Oportunidade da Educação Brasileira (IOEB) que em 2019 ficou em 5,3. Com esse número, a cidade ficou acima da média nacional e estadual.

 O IOEB identifica quanto a cidade contribuiu para o sucesso e o desenvolvimento dos alunos ao calcular de forma conjunta o desempenho e comportamento da rede (professores, diretores e processos educacionais). O IOEB usa como critérios a nota do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), taxa de atendimento da Educação Infantil, horas de aula por dia, taxa líquida de matrículas, entre outros.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*