Economia, Notícias

Aluguel na praia custa desde R$ 120 a diária no feriado

 

Aluguel na praia custa desde R$ 120 a diária no feriado
Aluguéis baixaram nas praias do Litoral Sul. Foto: Arquivo

O aluguel de apartamentos e casas nas praias do litoral de São Paulo para o feriado de 1º de Maio está mais barato este ano do que em 2017 em metade das localidades pesquisadas pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP).

A diária mais em conta foi encontrada no Litoral Central. Sai em média por R$ 120 a locação de apartamentos do tipo quitinete em cidades como Guarujá, Santos e São Vicente. Como até quatro pessoas podem partilhar esse tipo de imóvel, o custo para cada uma é R$ 30 por dia.

Nas 23 imobiliárias consultadas em 12 municípios do litoral paulista, a diária mais cara em oferta foi a de casas de quatro dormitórios no Litoral Central. Em média, o aluguel sai por R$ 1.900. Em comparação com o feriado do ano passado, quando custava em média R$ 1.375, houve aumento de 38,18%.

O aluguel que mais aumentou na passagem de 2017 para 2018 foi o de casas de três dormitórios em cidades do Litoral Norte, como Ubatuba e São Sebastião. A alta foi de 95,74%, com a diária média passando de R$ 564 para R$ 1.104.

A locação que mais baixou na mesma comparação foi exatamente o das quitinetes no Litoral Central. A diária de R$ 120 ficou 52% mais barata do que em 2017, quando saia em média por R$ 250.

“Quem procurar vai encontrar boas ofertas e sempre tem a possibilidade de negociar descontos”, afirmou José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP, destacando que imobiliárias e corretores “garantem aluguel seguro e são os intermediários para contato e negociação com os donos dos imóveis”.

Litoral Sul

As praias de cidades do Litoral Sul, como Praia Grande e Peruíbe, tiveram redução nos preços das diárias na comparação com 1º de Maio do ano passado. Dos oito tipos de imóvel em oferta nas imobiliárias, seis estão com valores reduzidos.
Apartamentos de dois dormitórios, por exemplo, estão sendo ofertados este ano por R$ 270 diários, valor 28,94% menor do que os R$ 380 exigidos no ano passado.

As casas de três dormitórios estão custando ainda menos – são oferecidas em média por R$ 300 diários, ou 40,82% abaixo do que os R$ 507 cobrados em 2017.

Ocorreu o inverso no Litoral Norte. Nas imobiliárias consultadas, os seis tipos de imóvel em oferta têm diárias mais caras este ano. Apartamentos de dois dormitórios estão sendo ofertados por R$ 437, valor 66,5% maior que os R$ 262,50 cobrados em 2017.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*