Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Alex e Morando se enfrentam no último debate

Candidatos admitiram trajetórias semelhantes, mas pregaram diferenças políticas. Foto: Fábio Tito/G1No último debate antes do segundo turno da eleição municipal, promovido pelo portal G1, os candidatos à Prefeitura de São Bernardo Alex Manente (PPS) e Orlando Morando (PSDB) entraram novamente em confronto sobre os apoios partidários recebidos por ambos os projetos. Enquanto Alex explorou a aliança de Morando com o PCdoB, o tucano voltou a acusar seu rival de receber a adesão velada do PT.

Manente sustentou que “recusou” alianças com legendas no segundo turno. “Tenho a convicção de que a melhor postura de um candidato no segundo turno é não fazer alianças, por isso recusei acordos com partidos políticos. Quem recebeu apoio de Orlando Silva, ministro de Lula e Dilma, no seu escritório foi você” disse. Morando, por sua vez, tentou vincular Alex à causa comunista, evocando a fundação do PPS em 1992, após a dissolução do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

“Recebemos o apoio do PCdoB. Uma coisa é aliança e a outra é lotear governo. Não faço nenhum tipo de barganha com partidos ou com pessoas. Vamos pôr uma equipe técnica e preparada. O senhor não faz acordo com partidos, mas recebe apoio dos principais petistas de São Bernardo, como os vereadores Zé Ferreira, Matias Fiúza e os deputados Teonílio Barba e Luiz Fernando Teixeira”, provocou.

Questionados por inter­nautas sobre terem caminhado “lado a lado” no passado, os candidatos admitiram semelhança em ambas as trajetórias, mas pregaram diferenças políticas.

“Podemos ter iniciado as trajetórias políticas de maneira parecidas, mas pensamos diferente. Em 2008 fui candidato sozinho com pouco apoio político. Em 2012, não me escondi. Fui e enfrentei o PT no seu auge, com a popularidade do prefeito Luiz Marinho (PT). Não vi o Orlando participando dessa eleição. Pelo contrário: o vi de braços dados com o prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT), que apoiou sua candidatura a deputado”, relembrou Alex.

Em resposta, Morando citou o apoio de Manente ao prefeito Luiz Marinho no segundo turno de 2008. “Foi o maior cabo eleitoral do PT. Nunca apoiei o PT. Não é por ódio. Só não concordo com as práticas do PT para governar a cidade”, disse.

Municipalização 

No enfrentamento, Manente voltou a insistir na proposta de municipalização do ensino do 6º ao 9º ano. No último debate promovido pela Rádio Bandeirantes, o tucano havia se esquivado do tema quando questionado pelo adversário.

“Primeiro vamos colocar aquilo que já existe municipalizado em ordem, já que o PT, partido que o senhor apoiou em 2008, destruiu. Resolvendo isso temos todo o interesse em municipalizar o fundamental II”, respondeu Morando.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*