Política-ABC, Regional, Sua região

Alesp lança frente parlamentar em defesa da pessoa desaparecida

Alesp lança frente parlamentar em defesa da pessoa desaparecida
Teixeira: “nossa meta é implementar realmente o Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas”. Foto: Arquivo

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) lança hoje (10), às 14 horas, a Fren­te Parlamentar em De­fesa da Pessoa Desaparecida. Presidido pelo deputado Luiz Fernando Teixeira (PT), o grupo conta com a adesão de 18 deputados e tem como objetivo a busca e a implementação de políticas públicas de enfrentamento e solução aos casos de desaparecimento de pessoas.

“Nossa principal meta é conseguir a real implementação do Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas, com a integração com todos os órgãos públicos, facilitando assim o encontro, como por exemplo, de uma pessoa hospitalizada sem condições de avisar os familiares, ou até mesmo em casos de morte. O cadastro interligado permitirá que o IML seja informado da procura, assim (a pessoa) não será enterrada como indigente. A família saberá de fato o que aconteceu e não ficara naquela busca eterna de muito sofrimento”, destacou Luiz Fernando.

Apesar de a Frente ser lançada hoje, o deputado, desde o início do atual mandato, atua junto com representantes de entidades na cobrança por ações mais efetivas por parte do poder público. “Também realizamos audiência pública em junho deste ano para ouvir os familiares, entidades e Estado.”

ESTUDO

Estudo inédito realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública estima que em 10 anos (2007-2016) cerca de 700 mil pessoas desapareceram no Brasil, sendo que o maior número está no Estado de São Paulo, com cerca de 200 mil desaparecimentos.

O levantamento revelou que a Capital Paulista concentra a maioria dos desaparecimentos, com cerca de 20 diários, e total de 60 no Estado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*