Editorias, Notícias, São Paulo

Alckmin entrega estação Oscar Freire do metrô com oito anos de atraso

Alckmin entrega estação Oscar Freire do Metrô
Oscar Freire é a nona estação em funcionamento na Linha 4-Amarela. Foto: Governo do Estado de SP

Com atraso de oito anos, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) inaugurou a estação Oscar Freire da linha 4-amarela do metrô nesta quarta-feira (4). Um dos acessos à estação que receberá cerca de 23 mil pessoas por dia só será aberto aos passageiros no segundo semestre deste ano.

Segundo o secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, uma alteração no solo onde está sendo construído o segundo acesso, na avenida Rebouças, no sentido bairro, atrasou o cronograma da obra. “Por que vamos privar a população deste que é o acesso principal?”, respondeu o governador, ao ser questionado sobre a inauguração da estação pela metade.

Com 35 metros de profundidade, os passageiros terão que descer mais de quatro lances de escadas rolantes para chegar até a bilheteria, que fica próxima às catracas de acesso às plataformas. Na manhã desta quarta, enquanto o governador visitava a estação, técnicos da linha 4 ainda tentavam arrumar uma das portas no sentido Luz, que estava emperrada.

Em seus últimos dias no cargo, Alckmin também vai inaugurar a estação Moema, da linha 5-lilás, hoje (5), e um trecho da 15-prata do monotrilho, na sexta (6). O tucano vai se candidatar à Presidência da República e deixará no governo seu vice, Márcio França (PSB).

O governador culpou a crise econômica para o atraso na entrega da estação. “Em oito anos, no meio da crise, no meio da recessão, o governo do Estado conseguiu passar de 68 quilômetros de metrô chegando ao final deste ano com 102 quilômetros. Passamos de 60 para 89 estações de metrô, quase 50% a mais em oito anos.”

A estação, por enquanto, terá horário restrito, das 10h às 15h, para realização de testes, mas a tarifa dos usuários será cobrada normalmente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*