Brasil, Editorias, Notícias

Alckmin assina convênio com Ministério da Justiça

Estado recebeu equipamentos e armamentos do ministério. Foto: Ciete Silvério

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou, ontem (22), convênio com o Ministério da Justiça, para aquisição de materiais de segurança e reposição dos veículos de transporte de presos. O Ministério da Justiça repassará R$ 50,3 milhões e o governo paulista entrará com mais R$ 1,4 milhão para aquisição de 523 coletes de proteção balísticos, 2.270 rádios transceptores digitais portáteis, 67 rádios fixos VHF/FM e 125 veículos para transporte de presos.

“Duas boas notícias para área da segurança. A primeira é a assinatura de três convênios entre o Ministério da Justiça e Secretária da Administração Penitenciária. A segunda é o legado das Olimpíadas. Atendemos o governo federal e liberamos mil policiais para ajudar o Brasil naquele momento. Agora o governo federal está nos retribuindo com equipamentos”, destacou Alckmin.

Os coletes e rádios de comunicação serão utilizados nas 17 novas unidades prisionais que serão inauguradas, além de equipar o Grupo de Intervenção Rápida (GIR). Os 125 veículos especializados para transporte de presos farão a reposição de parte das viaturas já existentes nos 166 presídios do Estado, além de também serem destinados às novas unidades.

Equipamentos

Alckmin recebeu equipamentos e armamentos adquiridos e doados pelo Ministério da Justiça. O material entregue pelo ministro Alexandre de Moraes foi utilizado durante os Jogos Olímpicos deste ano e são fruto de investimento de R$ 4,2 milhões. O ministro oficializou a entrega das munições, armas e equipamentos em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes.

O Estado recebeu 6.000 munições calibre 7,62 mm, além de seis fuzis e ferramenta para manutenção de arma de fogo. A PM também recebeu três espelhos para inspeção, três conjuntos de cordas e ganchos, três braços manipuladores robóticos e dois trajes de proteção para ações especiais. O ministério também doou aparelho de raio-x portátil, um contenedor móvel, um detector de gases tóxicos e substâncias explosivas, um robô antibomba de pequeno porte, uma unidade móvel de contramedidas eletrônicas, além de uma lanterna de busca.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*