Brasileirão, Esportes

Aguirre trata próximos jogos do São Paulo como finais

Aguirre trata próximos jogos do S.Paulo como finais
Aguirre: “tenho certeza de que o time vai corresponder”. Foto: Rubens Chiri/SPFC

O São Paulo sabe que está devendo no segundo turno, mas acredita que vai respon­der bem ao momento de ins­tabilidade que vive no ano para conseguir perma­necer na ponta do Campeonato Brasileiro e faturar a taça.

Para o técnico tricolor, Die­go Aguirre, agora é a hora de voltar a crescer no Nacional. “Temos 12 jogos pela fren­te e serão 12 finais. Vamos brigar, vamos à luta e tenho certeza de que o time vai corresponder outra vez como tem mostrado ao longo deste ano”, disse Aguirre à TV Globo.

Para o uruguaio, não há motivo para desespero. “Se acabasse hoje o campeonato, nós seríamos os campeões. Por que apavorar?”, pros­seguiu o comandante.

O fato é que o Tricolor é o único entre aqueles que disputam o título que vai encarar os quatro principais concorrentes à taça: Palmeiras, Inter, Flamengo e Grêmio.

Os duelos podem servir para que a equipe do Morumbi abra frente sobre os adversários, ou se complique. No primeiro turno, o Tricolor venceu só o rubro-negro entre estes adversários. Perdeu para Verdão e Grêmio e empatou com o Colorado.

Terceiro colocado, o Inter aparentemente é quem deve ter a missão mais tranquila. O clube terá sete partidas em casa, onde possui aproveitamento de 83%. Os gaúchos também enfrentarão sete adversários que brigam contra o rebaixamento ou ocupam o Z-4 e só fará um confronto direto.

Vice-líder, o Palmeiras é outro que terá sete dos 12 jogos restantes como mandante, mas com dois clássicos e dois confrontos diretos.

O Flamengo, por sua vez, vai ter que se desdobrar como visitante. Com aproveitamento abaixo dos 50%, os cariocas farão sete partidas fora de casa, situação semelhante à do Grêmio.

Aguirre sabe da importância dos confrontos diretos para o Tricolor no rumo da competição, mas prefere pensar no próximo duelo.

“Primeiro vamos ao Rio jogar com o Botafogo, ten­tar ganhar e manter a primeira posição”, disparou. “Depois, (vamos) pensar em Palmeiras e Inter – que, obviamente, serão jogos decisivos”, completou o técnico são-paulino.

 

Volta de Everton ao time contra o Botafogo só depende do atacante

O atacante Everton, do São Paulo, deu mais um passo para voltar a ficar à disposição diante do Botafogo, no domingo. Nesta terça-feira, o jogador foi a campo, correu e fez exercícios sob a supervisão do fisioterapeuta Bruno Nestlehner.

Clinicamente, o camisa 22 não possui lesão, mas ainda sente desconforto muscular na coxa esquerda.

“É provável que Everton es­teja (à disposição) para esse jogo (contra o Botafogo) ou, com certeza, na semana seguinte. Vai ser mais uma decisão dele do que nossa, depende de como se sente”, disse o técnico Diego Aguirre à TV Globo.

“Não quero dar certeza. É uma decisão que tomaremos quinta ou sexta-feira. O importante é que está bem. Everton precisa recuperar a confiança”, acrescentou.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*