Esportes, Futebol, Paulistão

Água Santa vence o Juventus e mantém 100% na A2

O Água Santa, do zagueiro Luizão, levou a melhor ontem no Estádio do Inamar.Foto: Ale Viana Divulgação Juventus

Não foi a partida dos sonhos da torcida em seu primeiro compromisso em casa, mas o Água Santa fez o suficiente para vencer o Juventus por 1 a 0 ontem (31), no Estádio do Inamar, em jogo da segun­da rodada do Campeonato Paulista da Série A2.

Com o triunfo, obtido sob os olhares atentos de 1.216 “aquáticos”, o Netuno assumiu a liderança da fase de classificação, com seis pontos, mas pode ganhar a companhia de outras equipes hoje, com o complemento da rodada. Ao final de 19 delas, só os quatro primeiros vão aos mata-matas.

O atacante Danielzinho, ex-São Bernardo e São Caetano, foi a principal novidade do técnico Jorginho para a partida de ontem. Com a nova dupla de frente, formada por ele e por Robson Duarte, o Água Santa abriu o placar logo aos quatro minutos. Após boa tabela entre Jonhnattan e Robson, a bola sobrou para Raí, que chutou sem chances para Deola.

Raí apareceu novamente aos 23 minutos, em jogada de velocidade. O lateral cruzou para Rafael Toledo, que mandou por cima. Depois, o Netuno recuou, à espera de uma brecha para contra-ataque, mas foi o Moleque Travesso que chegou com perigo aos 26, com Jorge Mauá, e aos 36, com Spice.

O Juventus manteve o controle da partida no segundo tempo, mas foi menos contundente e pouco ameaçou o goleiro Richard. Na melhor oportunidade, aos 22, o goleiro fez boa defesa em chute de Jhonny.

Jorginho trocou Robson Duarte por Gabriel Duarte, Danielzinho por Patrik e  Raphael Toledo por Everton Sena, mas o panorama pouco mudou. O Água Santa se segurou na defesa e terminou o jogo com os três pontos. No sábado, o time recebe o XV de Piracicaba às 16h, novamente no Inamar.

 

ÁGUA SANTA 1 X 0 JUVENTUS

ÁGUA SANTA

Richard; Paulo Henrique, Luizao, Leandro Silva e Julinho; Rodrigo Sam, Jhonnatan, Raí e Raphael Toledo (Everton Sena); Danielzinho (Patrik) e Robson (Gabriel Duarte). Técnico: Jorginho.

JUVENTUS

Deola; Edvan (Gil Bahia), Spice, Camacho, Thiago César (Junior Timbo), Alex Barros, Baroni, Derli, Jhonny, Judson e Jorge Mauá (Filipe). Técnico: Wilson Júnior.

Gol: Raí, aos quatro minutos do primeiro tempo. Árbitro: Cleber Luis Paulino. Renda: R$ 13.040 (1.216). Estádio: Inamar, ontem à tarde.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*