Esportes, Paulistão

Água Santa perde do XV e vê rebaixamento mais perto

Água Santa perde do XV e vê rebaixamento mais perto
Norton comemora o primeiro gol do XV de Piracicaba no Barão de Serra Negra

A volta de Márcio Ribeiro ao comando do Água Santa não impediu o time de Diadema de manter a sequência de maus resultados no Campeonato Paulista da Série A2. Ontem (9), no Barão de Serra Negra, o Netuno foi derrotado pelo XV de Piracicaba por 2 a 0, em jogo da 12ª rodada.

Norton e Maikon Aquino, um em cada tempo, fizeram os gols do Nhô Quim, que entrou no G4, como é chamada a zona de classificação às semifinais da Série A2. A equipe pulou para a terceira posição, com 21 pontos, dois atrás do líder São Bernardo.

O Água Santa, por sua vez, se mantém na lanterna da pri­meira fase, com sete pontos, um atrás do Audax, 14º colocado e primeiro time fora da zona do rebaixamento.

Porém, a distância pode aumentar, já que os principais adversários na briga pela permanência na A2 ainda entrarão em campo na rodada.

O Netuno não sabe o que é vencer na Série A2 há nove jogos. A equipe terá mais três jogos para tentar se livrar do rebaixamento à Série A3: Audax (casa), Nacional (fora) e Internacional (casa).

O jogo

Sucessor de Toninho Cecílio, que foi demitido após a derrota para o Votuporanguense, Márcio Ribeiro fez várias mudanças na equipe. Pôs Matheus Nogueira no gol, no lugar de Edson Kolln, e armou a defesa com quatro zagueiros de ofício.

De nada adiantou. O Netuno foi envolvido pelo XV de Piracicaba desde os primeiros minutos de jogo, errou passes em de­masia e praticamente não che­gou ao gol de Samuel Pires.

Aos 17 minutos, após bate-rebate na área do Água Santa, a bola sobrou para o meia Norton, que completou para o fundo do gol.

Márcio Ribeiro mudou o time logo em seguida, colocando Luan Dias no lugar de Baianinho, mas o panorama do jogo não mudou e o XV só não ampliou o placar ainda no primeiro tempo porque Gabriel se jogou espetacularmente na bola e interceptou arremate de Norton na pequena área.

Os erros se repetiram na segunda etapa e, ofensivamente, o Água Santa praticamente inexistiu, mesmo após as entradas de Lucas Formiga e Gabriel Duarte nos lugares de Nem e Alex Gonçalves, respectivamente.

Sem se esforçar muito, o XV de Piracicaba ampliou o placar aos 29 minutos. Maikon Aquino, que havia acabado de entrar, antecipou-se à defesa e desviou para as redes cruzamento do veterano André Cunha.

Daí para frente, diante de um passivo e impotente Água Santa, o Nhô Quim só administrou o jo­go até o final.

 

XV DE PIRACICABA 2 X 0 ÁGUA SANTA

Gol: Norton, aos 17 minutos do 1º tempo, e Maikon Aquino, aos 29 da 2ª etapa. Ár­bi­tro: Leandro Carvalho da Silva. Renda: não divulgada (2.484 torcedores). Estádio: Barão de Serra Negra, em Piracicaba, ontem à noite.

XV DE PIRACICABA

Samuel Pires; Oziel, Marcondes, Doni e Rubens Carvalho; Gilson, André Cunha (Rafael Rosa), Fraga e Norton; Everton (Maikon Aquino) e Bruninho (Jobinho). Técnico: Evaristo Piza.

ÁGUA SANTA

Matheus Nogueira; Baianinho (Luan Dias), Neguete, Gabriel, Audálio e Léo Rigo; M. Santos, Derli e Nem (Formiga); Roni e Alex Gonçalves (Gabriel Duarte). Técnico: Márcio Ribeiro (interino).

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*