Brasileirão, Esportes

Agente viaja à Europa por liberação de segundo reforço corintiano para o Brasileiro

Cicinho está disposto a voltar ao Brasil e defender o Corinthians. Foto: Ivan Storti/Santos FCA possibilidade de o Corinthians contar com o lateral direito Cicinho, ex-Santos e Ponte Preta, cresceu nos últimos dias e pode se confirmar em breve.

Ontem (16), um dos representantes do jogador viaja para a Bulgária, onde Cicinho defende o Ludogorets, para negociar a liberação para o empréstimo de uma temporada. Cicinho, que tem 27 anos, é alternativa aprovada pela comissão técnica de Fábio Carille, que desejava um jogador mais experiente para suprir Fagner quando necessário.

Um ponto importante pa­ra o negócio o Corinthians já superou: Cicinho está disposto a retornar ao Brasil e defender o clube. Na Bulgária, onde atua com dez outros brasileiros no Ludogorets, vive distante da mulher, o que motivou também o interesse de regressar ao futebol brasileiro. Com mais um ano de contrato na equipe búlgara, o lateral deve até estender seu vínculo para fechar o empréstimo.

As análises feitas pela comissão técnica reforçaram a ideia de que Cicinho evoluiu no futebol europeu, sobretudo nos aspectos tático e defensivo. Outra vantagem é que, além de atuar na lateral, o jogador oferece a possibilidade de atuar no meio-campo, aberto pelo lado direito.

Nesse momento, o Corinthians não negocia com outros atletas para a posição, mas só poderia inscrever o reforço dentro de um mês, com a abertura para inscritos do exterior. A necessidade de espera, aliás, é algo que o treinador Fábio Carille vai lamentar, já que os jovens Léo Príncipe e Guilherme Mantuan, reservas de Fagner, estão lesionados por pelo menos mais quatro semanas. Assim, o volante Paulo Roberto é a alternativa.

Prestes a anunciar o meia-atacante Clayson, o Corinthians ainda quer um zagueiro e analisa o mercado atrás de um meia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*