Uncategorized

Acusado de matar enteado em Santo André se entrega

Waldenberg Eugenio Souza, acusado de matar o enteado de 13 anos, em Santo André, se entregou no Rio de Janeiro, em Ipanema.

Em depoimento à polícia, o padrasto confessou o assassinato de Erick Ferreira e a tentativa de homicídio do filho  de apenas 3 anos.

Durante o depoimento, Souza c disse que estava arrependido. Alegou que sofre com depressão há um ano e deixou de lado os medicamentos, após conseguir um emprego em São Caetano.

“Nesse tempo, o relacionamento dele com a companheira e o enteado se deteriorou. Ele teve um breve desentendimento com o rapaz e o matou com uma gravata”, afirmou o delegado Neilson Nogueira, do 13º DP.

O chefe de investigações do 2º DP de Santo André, Sílvio Damiski, confirmou que uma equipe vai ao Rio nesta quarta para buscar Souza.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*