Diadema, Minha Cidade, Sua região

Acidente mata operário que fazia recapeamento em Diadema

Funcionário colidiu com a coluna superior da garagem e morreu no local. Foto: Aline Melo/Especial para o DRO operário Edvaldo da Silva Souza, 49 anos, morreu na tarde de ontem (25), após perder o controle de uma moto pneumática asfáltica e invadir a garagem de uma residência na rua 29 de Setembro, no bairro Canhema, em Diadema. Souza era funcionário do Consórcio TS, que executa obras de infraestrutura urbana e saneamento ambiental no município.

Segundo testemunhas, o trabalhador operava o equipamento, que tem como função nivelar o asfalto recém-aplicado quando, aparentemente, o veículo perdeu o freio. “Vi a hora que ele veio descendo e já bateu no carro que estava estacionado. Ainda gritei para ele pular, dava tempo, mas quando a gente viu, já tinha batido na casa”, relatou o motoboy Kauan de Oliveira Silva.

O veículo possui uma grade acima da cadeira onde o motorista fica sentado. Na batida, o funcionário colidiu com a coluna superior da garagem e morreu no local. Até o momento em que o corpo foi removido do local, por volta de 16h30, não havia chegado nenhum parente da vítima.

Funcionários da Defesa Civil do município estiveram no local, mas uma vistoria mais rigorosa terá de ser feita hoje (26). Inicialmente, o engenheiro que acompanha as intervenções faria um calçamento onde houve a colisão e a prefeitura também iria disponibilizar um guarda civil municipal para fazer a segurança do imóvel, onde existem duas casas. Os moradores foram levados provisoriamente para um hotel.

A atendente Fabiana Monteiro é uma das moradoras e estava no cabelereiro, ao lado de casa, quando tudo ocorreu. “Minha filha disse que a casa tremeu toda e que também na hora apagou a luz”, relatou. Não houve outros feridos. “Os funcionários da obra disseram que vão cuidar de tudo, pagar o prejuízo e que vamos ficar em um hotel até quando for preciso”, afirmou.

O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), foi para o local do acidente assim que foi informado, antes das 15 horas. “É uma fatalidade. Cheguei aqui junto com os bombeiros. A família que mora na residência está sendo assistida, já entramos em contato com os familiares da vítima e lamentamos muito esse acidente de trabalho”, declarou.

Em nota, o Consórcio TS informou que “o funcionário foi prontamente socorrido, mas infelizmente veio a falecer no local. Ainda não sabemos a causa do acidente que será esclarecida pelas autoridades competentes. Ressaltamos que o Consórcio TS está prestando todo o atendimento e apoio necessário à família nesse momento de dor”.

O tenente da Polícia Militar Clóvis José, responsável pela ocorrência, afirmou que o caso será registrado no 3º Distrito Policial de Diadema.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*