Editorias, Notícias, São Paulo

Acidente com dezenas de carros causa mortes e explosão em estrada de SP

Foto: Divulgação/Corpo de BombeirosUm engavetamento que envolveu ao menos 36 veículos, entre carretas e carros de passeio, na manhã desta quarta-feira (30), matou ao menos duas pessoas na rodovia Carvalho Pinto (SP-70), na altura da cidade de Jacareí (Grande São Paulo).

O acidente aconteceu por volta das 7h40 no km 75 da estrada, no sentido Rio de Janeiro. Segundo a PRE (Polícia Rodoviária Estadual), duas pessoas morreram e cerca de 20 ficaram feridas -entre elas, duas vítimas em estado grave foram socorridas pelo helicóptero Águia, da PM. Parte dos sobreviventes foi levada para hospitais de Jacareí e São José dos Campos (96 km de São Paulo).

Ainda de acordo com a PRE, o acidente foi provocado após uma carreta carregada de tintas bater contra um caminhão que transportava metais. O choque causou explosão e um incêndio que se alastrou entre os carros que percorriam a estrada logo atrás. Ao todo, 14 carros de passeio, a carreta e o caminhão foram destruídos pelas chamas.

O engavetamento, segundo informações atualizadas do Corpo de Bombeiros, pode ter envolvido ao menos 36 carros.

Mortes

A primeira pessoa achada morta foi encontrada sob o viaduto, onde o engavetamento se formou. Os policiais rodoviários disseram que a vítima estava em um dos carros acidentados, se desesperou e acabou caindo do viaduto a uma altura de quase 30 metros.

Já o segundo corpo foi localizado totalmente carbonizado no interior de um dos veículos que ficou destruído pelo incêndio. A identidade das vítimas ainda não foi divulgada pelos bombeiros.

Para atender a ocorrência, o Corpo de Bombeiros enviou ao local 15 equipes, que conseguiram controlar as chamas por volta das 9h10.

A rodovia, no sentido Rio, ficou completamente interditada ao longo desta quarta para a realização de uma perícia, que avaliará as condições da estrutura do viaduto. Um desvio, no quilômetro 73 da rodovia Dom Pedro, foi implementado para quem precisou passar pelo trecho.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*