Minha Cidade, Regional, Sua região

ABC regride para a Fase Laranja e tem lockdown a partir deste sábado

Atualizado às 22h30

Cidades do ABC voltam para a Fase Laranja na segunda-feiraO governador João Doria anunciou, nesta sexta-feira (26), nova reclassificação de re­giões no Plano São Paulo de flexi­bilização, devido ao avanço dos casos de covid e ao aumento no número de internações. A partir de segunda-feira (1º) o ABC regride para a Fase Laranja, mais restritiva.

Nessa etapa podem funcionar todos os serviços não essenciais, mas com atendimento limitado a até oito horas diárias, com atendimento presencial máximo de 40% da capacidade e encerramento às 20h. O consumo local em bares fica totalmente proibido.

Além do ABC, os demais municípios da Grande São Paulo e as regiões de Campinas, Registro e Sorocaba regrediram para a Fase Laranja, que também abrange Franca, São José do Rio Preto, São João da Boa Vista e Taubaté.

“A segunda onda está sendo potencialmente mais trágica que a primeira. Isso é um fato triste. Por isso, peço que todos que estão nos acompanhando em São Paulo sigam o toque de restrição e as orientações do Plano São Paulo. Não é razoável, nem há compreensão para aqueles que negam a gravidade da atual si­tuação”, destacou Doria.

Com os dados epidemio­lógicos semanais divulgados nesta sexta-feira, a média estadual passou de 287,9 para 279 novos casos por 100 mil habitantes. A taxa de novas internações aumentou de 46,3 para 50,4 a cada 100 mil habitantes, e as novas mortes tiveram ligeira queda, de 7,3 para 7 por 100 mil habitantes.

A média estadual de ocupação de leitos de UTI por pacientes graves de covid-19 aumentou de 66,7% para 70,4%, com 20,5 vagas a cada 100 mil habitantes.

LOCKDOWN NO ABC

Para tentar conter o avanço nos casos de covid na região, as prefeituras do ABC decidiram implementar medidas mais restritivas que vão de lockdown noturno a toques de restrição, como o estabelecido pelo governo estadual na última quarta-feira.

Santo André, São Bernardo e Diadema decretaram lockdown noturno a partir de hoje (27), o qual vai vigorar entre 22h e 4h, com a interrupção , inclusive, do transporte público. As atividades comerciais serão encerradas às 21h. Só funcionarão a partir desse horário os serviços de saúde e farmácias. As cidades vão implementar bloqueios nas principais vias e intensificarão a fiscalização a aglomerações e festas noturnas.

Mauá decidiu implementar o lockdown das 23h às 4h. Já a Prefeitura de Rio Grande da Serra vai seguir o toque de recolher das vizinhas, mas com a diferença de que vai manter o transporte público funcionando.

O transporte gerido pelo Estado, com CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), trólebus e ônibus intermunicipais, vão funcionar.

São Caetano e Ribeirão Pires decidiram seguir o toque de res­trição anunciado pelo go­verno do Estado, que é menos rigoroso. A medida, que entrou em vigor nesta sexta-feira, restringe a circulação das 23h às 5h até o dia 14 de março. Os serviços essenciais conti­nuam a funcionar normalmente, segundo a classificação do município no Plano SP. Também não haverá advertência, multa ou impedimento à circulação de trabalhadores.

Segundo Boletim Epidemiológico divulgado pelo Consórcio ABC, a região registrava até a manhã desta sexta-feira (26) 132.991 casos de coronavírus e 4,545 mortes pela doença.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*