Minha Cidade, Regional, Sua região

ABC quer imunizar 577 mil pessoas contra a gripe

Morando acompanha a imunização da aposentada Anne Marin Piva, de 75 anos, na UBS da Vila Euclídes. Foto: Ricardo Cassin/PMSBCCom a meta de imunizar quase 577 mil pessoas no ABC, começou ontem (17) a Campanha Nacional de Vacinação Contra o vírus Influenza, causador da gripe. A ação vai até 26 de maio e será realizada em cinco etapas, conforme o público-alvo.

“É essencial que as pessoas se imunizem antes mesmo da chegada do frio, pois assim conseguiremos proteger nossos munícipes antes do período de maior incidência da gripe”, afirmou o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), que lançou a campanha na cidade durante visita à Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Euclídes.

Iniciada ontem, a primeira etapa é destinada aos idosos com mais de 60 anos e aos profissionais das redes pública e privada de Saúde. A segunda ocorrerá a partir do dia 24 e contemplará gestantes, puérperas (mulheres que recentemente deram à luz), crianças de seis meses a cinco anos e indígenas. No dia 2 de maio será a vez dos portadores de doenças crônicas. Na sequência, no dia 8 de maio, o grupo a ser vacinado é o dos professores. O “Dia D”, dia nacional de vacinação, ocorre no dia 13 de maio, sábado.

Aposentada e moradora de São Bernardo, Anne Marin Piva, de 75 anos, foi uma das primeiras idosas a receber a vacina contra o vírus Influenza. Acompanhada da neta, fez questão de se imunizar logo no primeiro dia. “Todo ano tomo minha vacina”, afirmou.

Segundo o prefeito, São Bernardo recebeu 40 mil doses da vacina para o início da campanha – a reposição será feita pelo Ministério da Saúde conforme solicitação da prefeitura. “O objetivo é vacinar 90% do grupo prioritário”, disse Morando, ao destacar que as 34 UBSs da cidade estão aptas a imunizar a população.

Além de vacinar a população contra a gripe A H1N1, tipo que se disseminou pelo mundo na pandemia de 2009, as doses vão proteger a população contra os vírus do inverno de 2017, A/Hong Kong (H3N2) e B/Brisbane.

grafico-gripeMito

O secretário municipal de Saúde, Geraldo Reple, fez questão de desmistificar a ideia de que a vacina causa gripe em quem é imunizado. Afinal, a dose é composta apenas de partículas do vírus que são incapazes de causar infecção. “O que ocorre, às vezes, é que a pessoa começou um resfriado exatamente no período em que foi imunizado”, explicou.

Segundo o secretário, não foram registrados casos de gripe causados pelo vírus Influenza este ano em São Bernardo.

Para receber a vacina, é necessário levar a carteirinha de vacinação e um documento com foto. Se ocorrer classificação no grupo de doenças crônicas, é preciso levar também um comprovante médico.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*