Economia, Notícias

ABC gera 2.539 vagas em julho, melhor resultado em 51 meses

O ABC surpreendeu, criou 2.539 vagas com carteira assinada em julho e deu novo sinal de que o mercado de trabalho da região ao menos estancou a sangria de empregos iniciada em 2014.

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados ontem (15), o saldo líquido entre contratações e demissões no mês passado é o melhor desde abril de 2013, quando os sete municípios geraram 3.247 postos de trabalho formais.

É também o melhor resultado para o mês desde julho de 2010, quando foram abertas 4.626 vagas formais.

O saldo, porém, ainda é insuficiente para devolver o mercado de trabalho do ABC ao terreno positivo em 2017. No acumulado dos sete primeiros meses deste ano, a região acumula o fechamento de 1.504 vagas celetistas.

Mais do que isso, o ano de comportamento errático – com quatro meses de aumento na ocupação e três, de queda – permite vislumbrar que a recuperação do emprego com carteira será demorada e, provavelmente, ainda não começará em 2017 (veja quadro acima).

Assim, vai levar bastante tempo para o ABC recuperar os mais de 92 mil postos de trabalho formais extintos no período entre dezembro de 2013 e junho deste ano.

grafico-vagas

Generalizado

Uma boa notícia é que, pela primeira vez desde setembro de 2013, as quatro principais atividades econômicas geraram postos de trabalho em um mesmo mês.

O melhor resultado foi o obtido pelos serviços, com a criação de 1.095 vagas em julho. O saldo foi puxado, principalmente, pelos subsetores de comércio e administração de imóveis (631 empregos gerados), médico (329) e alojamento, reparação e manutenção (242).

A indústria gerou 507 postos formais em julho, melhor resultado desde janeiro de 2013. Os dados, porém, mostram que não há disseminação e que a criação de vagas foi pontual – quase 60% vieram do setor de borracha em Santo André (135 vagas criadas) e do de alimentos em Ribeirão Pires (160).

No comércio, a região gerou 488 vagas em julho, sob influência das recentes inaugurações de unidades do Assaí em Santo André e Diadema e do Spani Atacadista em Mauá e Diadema.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*