Política-ABC, Santo André, Sua região

Abastecimento e dívida são temas de segunda reunião entre Semasa e Sabesp

Foto: Divulgação

Representantes do Serviço Mu­nicipal de Saneamento Am­biental de Santo André (Semasa) e da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) voltaram a se reunir ontem (12), na sede da autarquia municipal. Os técnicos das duas instituições trocaram informações sobre abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto, além de discutir o equacionamento da dívida de R$ 3,4 bilhões que o município tem com a Sabesp.

Trata-se do segundo en­contro com a participação de técnicos das duas companhias – o primeiro foi realizado na última segunda feira. O objetivo é estabelecer ações conjuntas para acabar com a falta de água na cidade no prazo de 30 dias, conforme promessa feita pelo prefeito Paulo Serra (PSDB) durante a campanha eleitoral.

A partir da próxima semana, a Sabesp realizará vi­sitas técnicas nas diversas áreas do Semasa, a fim de fazer um diagnóstico dos principais problemas que Santo André precisa enfrentar para acabar com os problemas de abastecimento.

As duas empresas retomaram o diálogo após a Sabesp pedir na Justiça, no ano passado, a prisão do então prefeito Carlos Grana (PT) por descumprimento de ordem judicial que determinava o pagamento mensal da dívida.

“A intenção é que a solução conjunta seja boa para todo mundo: população de Santo André, Semasa e Sabesp”, afirmou o superintendente da autarquia, Ajan Marques.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*