Arte & Lazer, Cinema

“A Chegada” mostra especialista em línguas desafiada a traduzir idioma alienígena

Mistura de suspense e ficção científica, o longa “A Chegada” entra em cartaz hoje (24) nos cinemas. Estrelado por Amy Adams, de “Trapaça” (2013), e Jeremy Renner, de “Os Vingadores” (2012), o filme narra o momento em que seres alienígenas surgem na Terra, não fazem contato e deixam um mistério no ar: qual é a intenção da visita?

A história é baseada no conto do escritor americano Ted Chiang, parte de uma coletânea recentemente lançada no Brasil, “História de Sua Vida e Outros Contos”. No enredo, a especialista em línguas Louise Banks é convocada pelo governo para ajudar a fazer contato com os seres extraterrestres, que pousaram em naves espalhadas nos principais pontos do planeta.

Ela conta com o apoio do cientista Ian Donelan (Jeremy Renner), e ambos são liderados pelo coronel Weber (Forest Whitaker).

Enquanto estudiosos de todo o mundo se esforçam para abrir diálogo com os visitantes, a única que faz bons avanços é Louise. A linguista tem a ideia de apresentar o nosso vocabulário aos ETs, com a ajuda de quadros. Logo, ela recebe um retorno positivo, só que a resposta vem em símbolos nunca antes vistos na Terra.

Ao longo de meses, Louise se envolve emocionalmente com os seres, que tentam ajudá-la a entender o que desejam no planeta Terra e ainda ensinam a ela algumas lições sobre a vida.
Sem cenas de ação ou destruição, comuns em filmes do gênero, “A Chegada” se concentra em narrar as histórias de vida dos profissionais que tiveram o privilégio de fazer contato com esses seres. A direção é do canadense Denis Villeneuve (“Os Suspeitos, 2013).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*