Minha Cidade, Ribeirão Pires, Sua região

82ª Festa do Pilar celebrou tradições e movimentou a Estância de Ribeirão Pires

82ª Festa do Pilar celebrou tradições e movimentou a Estância de Ribeirão Pires
Cerca de 16 mil visitantes e moradores participaram dos festejos em Ribeirão Pires. Foto: Gabriel Mazzo/PMETRP

A 82ª Festa de Nossa Senhora do Pilar de Ribeirão Pires reuniu, em quatro dias de programação, entre os dias 28 de abril e 1º de maio, cerca de 16 mil visitantes e moradores. Romaria, cavalgada, missas e shows musicais foram parte da programação promovida gratuitamente pela Paróquia Santa Luzia, com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico.

A 7ª Caminhada Mariana de 2018 manteve sua tradição, contando com a participação da comunidade local e peregrinos vindos das cidades da região, como Santo André e São Caetano do Sul. A caminhada se estendeu pela Avenida Santa Clara, terminando no entorno da Capela de Nossa Senhora do Pilar, onde foi celebrada missa campal pelo Padre Everton Gonçalves e acompanhada pelo pároco Nivaldo Feliciano Silva, Jácomo Luciano e o padre Luiz (Mogi das Cruzes).

Nem a caminhada de mais de 4 horas embaixo de sol forte desanimou o grupo de peregrinos de São Caetano do Sul. Frequentador da Paróquia Nossa Senhora das Graças, localizada no bairro Nova Gerty, o aposentado Ernesto Feliz Tavares, 71 anos, reuniu cerca de 30 pessoas da cidade para Caminhada Mariana. “É a primeira vez que venho para Ribeirão Pires. É motivador ver tanta gente reunida, não apenas na caminhada, mas na missa campal. E o principal: todos movidos pela fé”.

Moradora do Parque das Fontes, a aposentada Roseli Gomes Palmeira Panelli, 59 anos, já participa da Caminhada Mariana há mais de 3 anos. “É emocionante ver tanta gente reunida para expressar sua fé em Nossa Senhora do Pilar. Não importa a distância, o tempo, não importa mais nada. Só queremos celebrar a fé, juntos”.

Durante a missa campal, Padre Everton Gonçalves falou também sobre o Dia do Trabalho. “É momento de louvor a Nossa Senhora do Pilar, de manifestação de fé. E, mais do que isso, neste 1º de Maio, Dia do Trabalho, celebramos também o Dia de São José Operário, pedindo por trabalho para uma sociedade melhor, para os trabalhadores do Reino de Deus”.

“A Capela de Nossa Senhora do Pilar é um marco religioso para a região do Grande ABC, um dos mais antigos, certamente. A Festa do Pilar celebra tradições, a cultura de nosso povo e a fé, que atrai cada vez mais peregrinos e romeiros, como, por exemplo, o grupo de mais de 200 pessoas que vieram de Santo André para a Caminhada Mariana. É um momento de muita prosperidade para Ribeirão Pires”, completou o prefeito de Ribeirão Pires, Adler Teixeira, o Kiko.

A tricentenária Capela de Nossa Senhora do Pilar é patrimônio histórico e cultural da cidade tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo.

A 82ª edição da Festa de Nossa Senhora do Pilar contou com programação musical, gastronômica e religiosa. As festividades tiveram início com o show de Paula Fernandes, no dia 28. Atrações locais, como Eric Russini, também marcaram presença no evento, que foi encerrado ao som da cantora católica Olívia Ferreira e da dupla Allan e Maicon.

Entre as atrações tradicionais da Festa, no domingo, centenas de cavaleiros e amazonas participaram da Cavalgada em homenagem a Nossa Senhora do Pilar e Nossa Senhora Aparecida. O grupo partiu do Complexo Ayrton Senna, na região central, até o pé da escadaria da Capela do Pilar, onde os participantes receberam as bênçãos do padre Everton.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*