Diadema, Política-ABC, Sua região

Lauro Michels afirma que recurso para corredor de ônibus foi suspenso

Lauro Michels afirma que recurso para corredor de ônibus foi suspenso
Lauro Michels: “recebemos a autorização de início da obra e agora veio comunicado que é para brecá-la”. Foto: Arquivo

O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), afirmou nesta quarta-feira (5) que o recurso previsto para início das obras do corredor preferencial para transporte coletivo no bairro Casa Grande, primeira das sete etapas do plano de mobilidade da cidade, não foi repassado.

“Essa obra no Casa Grande, licitada, mandaram dar início e agora veio comunicado que não virá mais dinheiro.  A obra do nosso corredor de transporte coletivo é um projeto de mobilidade urbana que foi assinado em 2014, na gestão da Dilma (Rousseff/PT). O (prefeito) Gabriel Maranhão foi um dos que conseguiu dar início às obras de mobilidade em Rio Grande da Serra.  Diadema estava com o projeto mais avançado depois de Rio Grande e recebemos a autorização de início da obra e agora veio comunicado que é para brecá-la”, destacou.

Segundo Michels, o projeto prevê investimento de R$120 milhões. “Demos início. Tivemos de fazer a medição. Agora, é exatamente isso que estamos tratando com a Caixa, que não tem uma questão definitiva de pagamento para a cidade. O dinheiro é do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). São 45 dias, 90 dias e não foi depositado o recurso e é essa nossa preocupação”, pontuou.

O prefeito afirmou que iria aproveitar a visita do secretário nacional de Mobilidade Urbana, Jean Carlos Pejo, ao Consórcio Intermunicipal ABC nesta quarta-feira para questionar sobre a liberação do recurso.

Pejo, que faz parte do Ministério do Desenvolvimento Regional, passou o dia no Consórcio, onde tomou conhecimento das ações regionais para área nos sete municípios e abriu diálogo com as cidades sobre as possibilidades de encaminhamento de verba da União para as cidades.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*