Minha Cidade, Regional, Sua região

ABC recebe R$ 123 milhões para a reforma de 150 escolas

ABC recebe R$ 123 milhões para a reforma de 150 escolas
Escola Estadual Tereza Delta, de São Bernardo, é uma das contempladas. Foto: Reprodução

O ABC será beneficiado com investimento de R$ 123 milhões do governo do Estado para a reforma de 150 escolas. O pacote de investimento faz parte do programa “Escola +Bonita”, lançado em janeiro pelo governador João Doria (PSDB). A Secretaria de Estado da Educação promete começar a execução das obras ainda neste ano. As intervenções serão feitas por meio de convênio da pasta estadual com a Fundação para Desenvolvimento da Educação (FDE).

A cidade que mais será beneficiada é Mauá, com 43 unidades escolares recebendo melhorias, seguida de Santo André (36), São Bernardo (28), Diadema (28), Ribeirão Pires (oito), São Caetano (cinco) e Rio Grande da Serra (duas).

“O anúncio do programa Escola +Bonita, do governo do Estado, que vai reformar 150 escolas na região, é mais uma grande conquista para o Consórcio Intermunicipal e para o ABC. Dentre as prioridades destacadas como frentes de atuação neste novo modelo de gestão da entidade regional, adotado no início deste ano, a educação foi, agora, contemplada. São intervenções que estávamos pleiteando há tempos e beneficiarão as sete cidades”, afirmou o presidente do Consórcio e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB).

Em todo o Estado, será investido R$ 1,1 bilhão na reforma de 1.384 escolas. Segundo o governo do Estado, o aporte ocorrerá de forma escalonada nos próximos três anos. Para 2019, estão previstas obras em 630 unidades, que custarão R$ 439 milhões. Em 2020, o Estado prevê destinar R$ 549 milhões para melhorias de infraestrutura de 660 unidades. Por fim, em 2021, haverá o investimento de R$ 109 milhões em 94 equipamentos.

“Nossa rede é enorme e muitas escolas são centenárias. Por isso, o investimento é importante para garantir o bom funcionamento das unidades. Aproximadamente 80% dos prédios escolares têm mais de 30 anos”, disse o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares.

Entre as 1.384 escolas que devem ser beneficiadas no programa, 150 estão no ABC, 324 situam-se na Capital, 121 localizam-se nas demais cidades da região metropolitana de São Paulo e outras 789 no Interior do Estado.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*